Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Não restam muitas dúvidas: lusodescendente aparece no último vídeo do Estado Islâmico

  • 333

Vídeo de propaganda do grupo jiadista, gravado antes dos atentados em Paris, mostra os autores do massacre a executar reféns. Entre eles estará o lusodescendente Omar Mostefai

Nove atacantes de Paris surgem no último vídeo do Daesh

Nove atacantes de Paris surgem no último vídeo do Daesh

Poster da revista Dabiq com os nove autores dos atentados em Paris

O video foi divulgado pelos habituais canais de propaganda do autodenominado Estado Islâmico (Daesh) no passado domingo e apresenta os autores do massacre de Paris, a 13 de novembro. São filmados um a um quando treinavam na Síria e no Iraque, antes de viajarem para França. Alguns deles surgem a executar e a decapitar reféns do Daesh.

Com o título “Target Area: Paris” (Alvo: Paris), o vídeo inclui ainda imagens da noite dos ataques, entre elas o caos após as explosões no estádio de França e no Bataclan.

Entre os terroristas estará Omar Ismail Mostefai (identificado no vídeo por Abu Rayyan al Faransi), de 29 anos, filho de uma emigrante portuguesa, Lúcia Moreira, que vive atualmente em Paris. O nome foi avançado pelos sites de monitorização de jiadistas, como o SITE Intelligence Group ou o T.R.A.C. e replicada por jornais ingleses e franceses. O "Correio da Manhã" também deu destaque ao assunto. O Expresso apurou junto de fontes oficiais que "não restam muitas dúvidas de que se trata do lusodescente."

O jiadista, nascido nos subúrbios de Paris de Courcouronnes e com pai argelino, foi um dos atacantes que se fez explodir junto à sala de espetáculos do Bataclan. Tinha nacionalidade francesa.

O lusodescente Omar Mostafai

O lusodescente Omar Mostafai

Captura de ecrã

Além de Mostefai, surgem também no vídeo os restantes autores do ataque que fez 130 mortos em Paris. Dias antes do lançamento do vídeo, a Dabiq, revista de propaganda oficial do Daesh, publicou o poster do novo vídeo, que parece retirado da promoção de um blockbuster de Hollywood. Com o título “Just Terror”, (Apenas Terror), surgem os nove autores dos atentados de Paris, quatro franceses, três belgas e dois iraquianos, em fotos individuais e em traje de guerra e armas em riste.

Junto a cada imagem está a sua identificação árabe: Abu Umar Al-Baljik, Abu Mujahid Al-Baljiki, Abu-Qa’Da’ Al-Baljiki, Abu Fu’ad Al-Faransi, Abu Qital Al-faransi, Abu Rayyan Al-Faransi, Dhul-Oarnayn Al-Faransi, Ali Al-Iradi e Ukashah a-Iradi.