Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

A minha casa por um relógio. Bom, talvez não chegue

  • 333

Pormenor da montagem de um relógio Montblanc

WISCHMANN.DE

Dez objetos de desejo, para ele e para ela, saídos do salão internacional de alta relojoaria, em Genebra. Não são para todas as bolsas, mas sonhar, felizmente, ainda é grátis

À entrada do stand da Roger Dubuis no Salão Internacional de Alta Relojoaria, que terminou na passada sexta-feira em Genebra, Suíça, há uma escadaria com passadeira vermelha que replica a de Cannes, com precisamente o mesmo número de degraus, mas muito mais estreita. O aparato cénico não podia ser mais apropriado, porque os relógios que a marca ali apresentou só estão ao alcance de uma estrela de Hollywood ou das contas bancárias mais recheadas.

Segundo um dos responsáveis de marketing da casa helvética, o diretor criativo da marca passou "um milhão de horas a estudar a essência da mulher" para apresentar a nova coleção pensada para o público feminino. O homem está muito longe da precisão de um relógio suíço: são algo mais de 114 anos sem dormir, o que, mesmo considerando a complexidade do tema, é um feito manifestamente impossível.

O resultado mais visível desse investimento é um relógio-joia revestido com 813 diamantes que custa mais de um milhão de euros. E não é o único entre as novidades das 24 marcas que marcaram presença no certame: a Richard Mills, conhecida pelos seus modelos de ponta, apresentou um dispositivo que desenvolveu em parceria com a Airbus Corporate Jets. Não consta que ter um jato privado seja um requisito para o comprar, mas quase.

Estes são apenas dois dos 10 objetos de desejo que selecionámos entre as muitas novidades apresentadas em Genebra. Conheça-os em baixo.

Este sábado, na revista E, saiba como a relojoaria suíça tem enfrentado a ameaça dos smartphones.

URWERK UR-105 T-Rex

Esta marca de nicho combina inovação com relojoaria de ponta, bem patentes na sua novidade mais recente, o T-Rex. Com uma caixa coberta com uma armadura de bronze que faz lembrar a pele de certos repteis, o relógio apresenta as horas replicando o movimento do sol: o ponteiro avança de este para oeste. A cobertura do relógio foi pensada para ser o mais orgânica possível, com as cores a evoluir subtilmente com o passar do tempo. Edição limitada a 22 peças. Preço: €73 800

HYT H2 Tradition

HYT é o acrónimo de Hydro Mechanical Horologists (relojoeiros hidro-mecânicos), o que denuncia a grande revolução introduzida pela jovem marca (2012) no mundo da alta relojoaria: utilizar um fluído para indicar a hora. Neste H2 Tradition, a marca joga com os código da relojoaria tradicional, como os acabamentos "guilhoché" tipo diamante, mas mantém a inusitada aposta hidro-mecânica, graças ao capilar onde um fluído azul evolui com a passagem do tempo. Edição limitada a 50 unidades. Preço: €179 000

MB&F HM6 SV

Com uma década de vida celebrada em 2015, a MB&F produz pequenas séries de criativos relógios artesanais. Este HM6 SV tem uma estrutura em sanduíche formada por dois cristais em safira transparentes e apresenta as horas e os minutos em quatro indicadores semiesféricos. Edição limitada a 8 exemplares em ouro vermelho e oito em platina. Preço: €391 000 (ouro) e 425 000 (platina)

HAUTLENCE Vortex Primary

O nome desta marca independente, criada em 2004, é um anagrama que rende homenagem a Neuchatel, centro da relojoaria suíça. A mais recente novidade consolida a colaboração com o ex-futebolista Eric Cantona, com uma apresentação contemporânea e irreverente, à imagem do francês: o interior é um mosaico de cristais de 19 cores que utiliza diferentes pedras preciosas, incluindo safiras e rubis. Edição limitada a 18 peças, disponível a partir de abril. Preço: € 190 000

RICHARD MILLE RM50-02 ACJ

didier gourdon

Criada na viragem do milénio, a marca suíça é conhecida pelas propostas hi-tech e pelo recurso a materiais típicos da indústria aeronáutica, criando modelos que chegam a custar quase dois milhões de euros. Uma das mais surpreendentes - e custosas - novidades apresentadas em Genebra foi esta colaboração com a Airbus Corporate Jets, a divisão de jatos privados do fabricante de aviões, bem patente na caixa, a lembrar a janela de um avião, e no mostrador com muitos detalhes de um cockpit. Edição limitada a 30 unidades. Preço: €1 116 000

A. LANGE & SöHNE Datograph Perpetual Tourbillon

A casa fundada na Saxónia, Alemanha, em 1845 ganhou reputação com relógios únicos, que casam elegância e inovação. No SIHH 2016 revelou este Datograph Perpetual Tourbillon, um obra-prima relojoeira com três complicações (cronógrafo, calendário perpétuo e turbilhão) e 729 peças. Edição limitada de 100 unidades. Preço: €295,000

PIAGET Emperador Coussin XL700P

Os mecanismos em quartzo parecem estar de regresso à alta relojoaria, com as marcas a apostarem neles para criar gamas de produtos mais baratos. Para comemorar os 40 anos do seu primeiro movimento em quartzo - o famoso 7P extraplano introduzido em 1976 - a Piaget revelou em Genebra este híbrido com um movimento inédito, aliança ousada de um calibre de corda automática com um gerador de quartzo. Série limitada a 118 exemplares. Preço: €80 500

Rotonde de Cartier Astromystérieux

Os relógios misteriosos não são uma novidade da marca parisiense, que já os produz há mais de um século. O novo modelo apresenta uma gaiola giratória que indica os minutos e três outros discos de safira sobrepostos: um para indicar as horas; outro para dar corda ao calibre; e, por fim, outro para acerto das horas. Limitado a 100 exemplares. Preço: €179 000

AUDEMARS PIGUET Diamond Fury

Quantos diamantes vê nesta imagem? Damos-lhe uma ajuda: são quase 5000 - a caixa e a pulseira, em ouro branco de 18 quilates, estão adornados com 4635; o mostrador, escondido num painel secreto, tem mais 206. Como é fácil de perceber, só está ao alcance de algumas bolsas. Preço: €644 000

ROGER DUBUIS Velvet Ribbon

Em 2016, a marca de Genebra vira as atenções para as mulheres que querem ser divas dignas de passadeira vermelha em Cannes. Se tiverem mais de um milhão de euros, poderão fazê-lo com este relógio-joia revestido com 813 diamantes, num total de mais de 52 quilates. Um luxo ao alcance de muito poucos: só 8 unidades serão postas à venda. Preço: €1 190 000

O Expresso viajou a convite do Salão Internacional de Alta Relojoaria.