Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

“O capricho do Universo” vai estar visível a olho nu

  • 333

Entre esta quarta-feira e o dia 20 de fevereiro Mercúrio, Vénus, Marte, Júpiter e Saturno vão estar alinhados na diagonal. Em 2005 foi a última vez que este fenómeno ocorreu

Os cinco planetas mais brilhantes do Sistema Solar vão estar, a partir desta quarta-feira e até 20 de fevereiro, alinhados podendo ser observados a olho nu. Desde 2005 que não era possível presenciar um espetáculo astronómico como este.

Segundo Allan Duffy, investigador da Universidade de Swinburne, em Melbourne, Austrália, este alinhamento relativamente raro é, na sua essência, um “capricho do Universo”. O melhor momento para observar o fenómeno é a partir das 5h, ainda antes do sol nascer, e apesar de poder ser visto a olho nu deverá escolher um lugar muito pouco iluminado. Nas cidades, a iluminação pública comprometerá seriamente a tentativa de testemunhar o acontecimento. Allan Duffy garante que vai valer a pena madrugar.

E para encontrar os planetas mais facilmente deixa uma dica: coloque o braço na diagonal, com o cotovelo a tocar na linha do horizonte - na direção em que o sol irá nascer - e a mão na lua. Algures entre esses dois pontos, numa orientação este-oeste, surgirão os planetas alinhados.

Vénus e Júpiter serão os mais fáceis de encontrar, diz o investigador, enquanto Marte, apesar de um pouco mais escondido, terá à sua volta uma auréola vermelha. “Bem mais desafiante será descobrir Mercúrio”, alerta Allan Duffy. O pequeno planeta estará tão próximo da linha do horizonte que só por breves instantes, antes da aurora, poderá ser observado.

Segundo a curadora do Planetário de Melbourne, Tanya Hill, em agosto será novamente possível voltar a observar este fenómeno e a partir daí só voltará a ser visível em outubro de 2018.