Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Professora degolada no Porto Santo

  • 333

Suspeito entregou-se à polícia depois de ter esfaqueado a professora com quem tinha tido um relacionamento

Marta Caires

Jornalista

Um homem matou esta sexta-feira de tarde uma professora no Porto Santo, na Madeira, e entregou-se à polícia. O suspeito e a vítima tinham tido um relacionamento amoroso e existia já um historial de ameaças. A professora do ensino especial teria já feito queixa na polícia e existiria já uma ordem de restrição.

Entre as ameaças, o suspeito, um homem na casa dos 40 anos, terá dito que faria mal ao neto da vítima, um rapaz de 13 anos.

Segundo se sabe, o homem esperou à porta da casa da vítima, local onde tudo se terá passado. A vítima, de 50 anos, foi atacada e degolada. O alerta foi dado pelo neto da professora, que terá fugido da casa e terá pedido socorro num restaurante. Foi um cliente que terá chamado os bombeiros.

A vítima vivia com o neto adolescente, que, neste momento, está aos cuidados de uma vizinha.