Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Tejo. Catamarã já foi rebocado e passageiros estão em terra

  • 333

A embarcação da Transtejo ficou presa num baixio no rio Tejo. As autoridades não excluem a possibilidade de ter havido “uma avaria nos comandos do motor”

Por volta das 21h25, os passageiros que estiveram durante quatro horas dentro do catamarã encalhado no rio Tejo desembarcaram no cais do Montijo. Segundo a Capitania de Lisboa, a operação decorreu com “sucesso” e as pessoas mantiveram a “calma”.

“A remoção do catamarã foi concluída. Foi levado para o cais normal de desembarque no Montijo”, confirmou Malaquias Domingues, da Capitania de Lisboa, ao Expresso.

A bordo estavam 91 passageiros e três tripulantes. Ainda durante a tarde, quando o catamarã estava preso, foram retirados seis pessoas “por questões de segurança”. “Eram grávidas e diabéticos. Não podiam estar sujeitos ao stress da situação”, explicou Malaquias Domingues.

O catamarã ficou encalhado devido a um baixio, mas as autoridades não excluem a possibilidade de avaria: “Alegadamente terá havido uma avaria nos comandos dos motores. Vamos agora fazer a piratagem e abrir um inquérito”.

Às 17h40 a embarcação ficou presa numa zona mais baixa do Tejo, a cerca de 100 metros do Cais do Seixalinho, no Terminal do Montijo. As autoridades garantiram o “controlo da situação” e esperaram pela subida da maré para que o “catamarã desembarcasse naturalmente”.