Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Homem suspeito de fazer explodir a mulher em Sacavém

  • 333

Autoridades apontam para homicídio seguido de suicídio. “Fez explodir o corpo da vítima, não se sabe bem como”, avança a polícia

Um homem é suspeito de ter matado esta segunda-feira a própria mulher, na zona de Sacavém, Loures, e de fazer explodir posteriormente o corpo da vítima. Acabou por se suicidar, de acordo com informações avançadas à agência Lusa por fonte do Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP.

"Suspeita-se ter-se tratado de um homicídio seguido de suicídio. O homem terá disparado tiros de caçadeira contra, pensamos nós, a sua companheira, e depois, ainda não se sabe bem como, feito explodir o corpo da vítima", explicou o comissário Rui Costa, porta-voz do Cometlis.

O crime ocorreu cerca das 10h junto ao rio Trancão. Inicialmente, a polícia não tinha a indicação das idades, mas, entretanto, o porta-voz do Cometlis informou que o alegado autor do crime terá cerca de 60 anos, enquanto a mulher 45 anos.

No local esteve a equipa de inativação de explosivos da PSP, que confirmou a inexistência de mais engenhos explosivos. A investigação vai passar agora para a Polícia Judiciária.