Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Câmara de Lisboa adia votação da remodelação da 2ª circular

  • 333

Agendada para a tarde desta quarta-feira, a proposta foi retirada ao final da manhã, para permitir um período de discussão pública do projeto de execução. O assunto voltará à Câmara em meados de janeiro, para então ser tomada uma decisão

A Câmara de Lisboa decidiu hoje, já perto da hora de almoço, fazer um compasso de espera no processo de remodelação da segunda circular, que visa tornar a rodovia, a que tem "maior sinistralidade" da capital, numa via urbana.

A proposta deveria ser votada na reunião que se realiza durante a tarde, mas foi retirada, para permitir um período de consulta pública do projeto de execução. Após a discussão, aberta a munícipes e entidades interessadas, a proposta voltará então à Câmara para ser votada, com eventuais alterações que resultem desse debate.

A autarquia quer fazer da segunda circular, que é hoje "a rodovia de Lisboa com maior sinsitralidade", uma verdadeira via urbana. Estão previstas alterações no tráfego, melhorias da iluminação e renovação do separador central. Um dos objetivos é reduzir o tânsito de atravessamento na capital, entre as partes ocidental e oriental.

O investimento previsto é de cerca de dez milhões de euros, para uma obra com um prazo de execução de 300 dias.