Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Alerta terrorista: Judiciária garante que “não há quaisquer razões para alarme”

  • 333

Em comunicado, a Judiciária reage ao “Jornal de Notícias” lembrando que a troca de informações entre polícias é uma prática habitual e permanente

Não há razão para alarme e a partilha de informações é uma prática habitual e permanente. Foi nestes termos que a Polícia Judiciária enquadrou a notícia avançada esta sexta-feira pelo “Jornal de Notícias” onde se informava que existem três jiadistas a ser procurados entre Portugal e Espanha.

Mas, conforme o Expresso noticiou esta manhã, depois de contactar as autoridades que acompanham investigações terroristas, não se trata de um alerta específico para Portugal, mas geral para toda a Europa.

No comunicado divulgado pela Judiciária pode ler-se que “não há quaisquer razões para alarme e o nível de ameaça terrorista em Portugal mantém-se inalterado” e que “a operação ‘Fronteira Segura’, realizada no distrito de Viana do Castelo, decorre da atividade diária e normal das forças e serviços de segurança”.