Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

TVI pede desculpa ao Banif por informação não “precisa e esclarecedora”

  • 333

Tiago Petinga/ Lusa

Durante a noite de domingo, a estação passou em nota de rodapé uma notícia de “última hora” que afirmava “Banif poderá ser intervencionado esta semana”

A direção de informação da TVI emitiu esta terça-feira um esclarecimento em que apresenta “desculpas aos seus espectadores, mas também aos acionistas, trabalhadores e clientes do Banif” . No comunicado, a estação admite não ter sido “totalmente precisa e esclarecedora” nas informações divulgadas sobre o banco em nota de rodapé na emissão da TVI24 de domingo à noite.

“A TVI envia desculpas aos seus espectadores, mas também aos acionistas, trabalhadores e clientes do Banif, pela difusão de um conjunto de informações que, embora cabalmente esclarecidas no jornal ‘25ª hora¹, emitido à meia-noite, poderão ter induzido conclusões erradas e precipitadas sobre os destinos daquela instituição financeira”, lê-se no esclarecimento.

Durante a noite de domingo, a TVI24 passou em nota de rodapé uma notícia de “última hora” que, confessa a estação, pode “ter contribuído para a formação da ideia de que a solução preparada pelo Estado para o Banif apontava para a integração imediata daquela instituição financeira na Caixa Geral de Depósitos, depois de colocados os ativos designados ‘tóxicos’ num ‘banco mau’ a criar”.

A direção explica que na afirmação o “Banif poderá ser intervencionado esta semana” não está considerado o cenário de fecho imediato do banco. Contudo, a estação admite que essa informação pode ter sido interpretada “num primeiro momento” pelos espectadores.

No comunicado, a TVI esclarece ainda que a notícia foi posteriormente desenvolvida no serviço noticioso “25ª hora”, “de forma a ultrapassar as imprecisões iniciais”.