Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Açores. Morreu um dos feridos no temporal

  • 333

ANTÓNIO ARAÚJO / LUSA

Homem de 51 anos foi atingido por uma onda durante o temporal que esta segunda-feira atingiu o arquipélago, quando “trabalhava na limpeza da via e na proteção das casas na frente marítima da freguesia” de São Roque, Ponta Delgada

Um funcionário da junta de freguesia de São Roque, Ponta Delgada, morreu esta segunda-feira depois de ter ficado ferido com gravidade quando foi atingido por uma onda, revelou o presidente da autarquia ao jornal "Açoriano Oriental".

O homem, de 51 anos, foi atingido por uma onda durante o temporal que esta segunda-feira atingiu o arquipélago e morreu no hospital de Ponta Delgada, noticia o "Açoriano Oriental", citando o presidente da junta de freguesia de São Roque, Pedro Moura.

Segundo a mesma notícia, o homem foi colhido pela onda quando "trabalhava na limpeza da via e na proteção das casas na frente marítima da freguesia", tendo ficado com "fraturas graves".

Esta segunda-feira à noite, o Serviço de Proteção Civil dos Açores revelou que o temporal que atingiu o arquipélago desalojou 11 pessoas na ilha de São Miguel e deixou quatro feridos, um deles em estado grave. Todas as pessoas foram já realojadas, segundo as autoridades regionais.

Nas operações de apoio aos incidentes provocados pelo mau tempo de segunda-feira estiveram envolvidos cerca de 440 operacionais da Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, que contabilizou 157 incidentes, todos já resolvidos.

O mau tempo levou ao encerramento de escolas, tribunais, serviços municipais e de estradas, enquanto mais de 1600 passageiros ficaram em terra com o cancelamento de dezenas de voos.

O Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA) emitiu neste domingo um aviso vermelho para as ilhas de São Miguel e de Santa Maria, grupo oriental do arquipélago, tendo alargado o aviso para as cinco ilhas do grupo central na tarde desta segunda-feira.

O aviso vermelho, o mais grave numa escala de quatro, é identificado pelo IPMA como uma situação meteorológica de risco extremo, devendo as pessoas acompanhar a evolução das condições e seguir as orientações da Proteção Civil.

Grupo oriental e central dos Açores sob aviso amarelo

Os grupos oriental e central dos Açores estão esta terça-feira sob aviso amarelo devido à previsão de chuva, trovoada e vento forte, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, o grupo oriental (ilhas de Santa Maria e São Miguel) vai estar sob aviso amarelo entre as 9h e as 23h59 desta terça-feira devido à previsão de chuva e trovoada.

As ilhas de Santa Maria e São Miguel vão estar também sob aviso amarelo entre as 18h desta terça-feira e as 6h de quarta-feira devido à previsão de vento forte. Também o grupo central dos Açores (ilhas Graciosa, São Jorge, Terceira, Pico e Faial) vai estar entre as 7h e as 23h59 desta terça-feira devido à previsão de precipitação e trovoada. O aviso amarelo é o terceiro mais grave de uma escala de quatro e significa risco para determinadas atividades dependentes do estado do tempo.

O instituto prevê para esta terça-feira no grupo ocidental (Flores e Corvo) céu muito nublado, por vezes com abertas, períodos de chuva e aguaceiros mais frequentes na madrugada e manhã, possibilidade de trovoadas e vento sudoeste muito fresco a forte com rajadas até 85 quilómetros por hora.

Para o grupo central prevê-se céu geralmente muito nublado, períodos de chuva e aguaceiros podendo ser pontualmente fortes, condições favoráveis à ocorrência de trovoada e vento sudoeste muito fresco a forte com rajadas até 80 quilómetros por hora durante a madrugada, tornando-se moderado a fresco.

No grupo oriental prevê-se céu geralmente muito nublado, períodos de chuva e aguaceiros podendo ser pontualmente fortes, possibilidade de trovoadas e vento sul muito fresco a forte com rajadas até 85 quilómetros por hora especialmente para a noite, rodando para sudoeste.

Em Ponta Delgada as temperaturas vão variar entre 15 e 18 graus Celsius, em Angra do Heroísmo e na Horta entre 12 e 17 e em Santa Cruz das Flores entre 12 e 16.