Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

De que é que se falou em 2015 no Twitter? Do casamento gay, de Star Trek e (principalmente) dos One Direction

  • 333

“Todo o amor, como sempre”. Spoiler: este é o tweet mais partilhado deste ano. Foi publicado por Harry Styles, um dos membros dos One Direction

Harry Styles, ex-membro dos One Direction

Harry Styles, ex-membro dos One Direction

Jason Merritt / Getty Images

Chega a altura de pensar no ano que está prestes a acabar- E se todos o fazemos enquanto tomamos as 12 passas a meia-noite de 31 de dezembro, a internet não fica atrás e até se antecipa.

Depois de o YouTube ter revelado esta quarta-feira quais foram os vídeos mais vistos em 2015, a revista “Time” divulgou a lista dos dez tweets mais partilhados do ano. O resultado? Muitas referências aos One Direction (quando dizemos muitas, queremos mesmo dizer metade da lista), um tweet de Obama sobre a legalização do casamento homossexual nos Estados Unidos e, como não podia deixar de ser, uma das muito populares reflexões do rapper norte-americano Kanye West.

Comecemos pelo final da lista. Em 10.º lugar, com 259.601 retweets, está a primeira mensagem que Caitlyn Jenner publicou na rede social depois de ter deixado de ser Bruce Jenner. Nela, Caitlyn deixa palavras de agradecimento: “Bem vinda ao mundo, Caitlyn. Mal posso esperar para que a/me conheçam”.

Os sempre fiéis fãs da saga “Star Trek” tiveram um papel importante da disseminação deste tweet, que é também a última mensagem que o ator Leonard Nimoy, conhecido pelo seu papel como Mr. Spock, deixou antes de morrer, a 27 de fevereiro deste ano. O tweet parece premonitório: “A vida é como um jardim. Momentos perfeitos podem acontecer, mas não podem ser preservados, exceto na nossa memória. LLAP”. (A última sigla vem de uma expressão celebrizada por Mr. Spock: Live Long and Prosper, traduzível por algo como “Vida Longa e Próspera”).

E mais de 312 mil pessoas retweetaram uma reflexão filosófica do rapper Kanye West, publicada a 23 de setembro: “Por favor, façam tudo o que puderem enquanto viverem”.

O 7.º lugar neste ranking foi conquistado pelos fãs dos One Direction - batizados pela internet como directioners - e pertence ao tweet em que um dos membros da banda, Nial Horan, dá os parabéns ao seu colega Liam Payne:

O único tweet da lista que não foi escrito em inglês pertence a Salomão, o novo rei da Arábia Saudita, que publicou uma oração na rede social:

E em 5.º lugar chega... outro tweet de um dos membros dos One Direction, neste caso Louis Tomlison, que elogia a “classe” dos seus fãs:

O tweet em que o Presidente dos Estados Unidos comemora a legalização do casamento homossexual em solo norte-americano mereceu 448.008 reenvios:

Se leu o que lhe dissemos sobre a proporção de tweets dedicados, nesta lista, à boys band britânica, deve andar a fazer contas de cabeça. É verdade: o pódio é composto inteiramente por mensagens publicadas pelos rapazes dos One Direction. Em 3.º lugar, uma mensagem de Liam Payne a comemorar o quinto aniversário da banda:

Na 2ª posição surge o tweet que Zayn Malik, que deixou a banda este ano e escreveu para congratular os antigos colegas relativamente ao novo single. O resultado da demonstração de solidariedade conta-se em 569 mil retweets.

A mensagem campeã, publicada por Harry Styles no mesmo dia em que Zayn Malik deixou o grupo, foi interpretada pelos fãs como uma demonstração de que tudo estaria bem entre os membros da banda. As cinco palavras (Todo o amor, como sempre) ultrapassaram as 741 mil partilhas.