Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Greve do Metro de Lisboa desconvocada. “É algo histórico”

  • 333

DR

Início da greve estava previsto para esta quarta-feira. “Após cinco anos de um diálogo surdo”, sindicalista diz estarem reunidas as condições “para uma negociação séria e credível” com o novo Governo

Os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa decidiram esta segunda-feira desconvocar a greve parcial de seis dias, marcada para o período entre quarta e segunda-feira, decisão que foi tomada após o plenário realizado esta tarde.

“É algo histórico”, considerou Anabela Carvalheira, da Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (Fectrans), em declarações à “TVI 24”.

A decisão de desconvocar a greve foi assumida por maioria, horas depois de os sindicatos terem chegado a “um entendimento” com o Governo sobre as suas reivindicações.

Segundo os representantes sindicais, que reconhecem ter sido aberta “uma plataforma de diálogo”, a fase seguinte será dar início a um processo de negociação com o novo Governo, o que está previsto acontecer “a partir do dia 15”.

“Após cinco anos de um diálogo surdo”, Anabela Carvalheira acredita estarem reunidas as condições “para uma negociação séria e credível”, que promova “um transporte público de qualidade, também com melhores condições para os trabalhadores”.