Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Mais de 300 baleias mortas no sul do Chile

  • 333

Apesar das baleias terem sido encontradas no passado dia 17 de novembro, a informação só recentemente foi dada a conhecer às autoridades chilenas. O Ministério Público já abriu uma investigação para esclarecer a causa da morte em massa dos cetáceos

Um grupo de investigadores denunciou a morte de mais de 300 baleias no Golfo de Penas, no extremo sul do Chile, uma descoberta que está ser investigada pela polícia chilena.

Segundo divulgou esta terça-feira o portal Diario Aysén, a denúncia foi apresentada ao Serviço Nacional de Pesca (Sernapesca) que, por sua vez, entregou a informação ao Ministério Público, que abriu uma investigação para esclarecer a causa da morte em massa dos cetáceos.

As baleias foram encontradas no passado dia 17 de novembro por um grupo de investigadores, mas a informação só recentemente foi dada a conhecer às autoridades chilenas. Jé em maio tinham sido encontrados cerca de 30 cetáceos mortos na mesma região do Chile.

Cristián Hudson, diretor do Sernapesca da região de Aysén, diz que "o número de cetáceos mortos é impressionante". "Até agora nunca tínhamos tido denúncias desta magnitude", sublinha.