Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Associação Peço a Palavra avança com queixa-crime à privatização da TAP

  • 333

Luís Barra

A Associação Peço a Palavra vai apresentar uma queixa-crime contra os responsáveis pelo processo de privatização da TAP. O anúncio foi feito pelo realizador António Pedro Vasconcelos, presidente da associação, num programa da RTP, e vai ser explicado no início da próxima semana

Helena Bento

Jornalista

A Associação Peço a Palavra vai apresentar uma queixa-crime contra os responsáveis pelo processo de reprivatização da TAP, que entregou 61% do capital da companhia aérea portuguesa ao consórcio Atlantic Gateway, dos empresários Humberto Pedrosa e David Neeleman, escreve o jornal Público.

O anúncio foi feito pelo realizador António Pedro Vasconcelos, presidente da associação, num programa da RTP, e vai ser explicado no início da próxima semana, numa conferência de imprensa convocada para esse efeito, adianta o mesmo jornal.

A iniciativa cidadã será liderada por alguns membros da associação a título individual. António Pedro Vasconcelos, presidente da associação, e Bruno Fialho, vice-presidente, serão dois dos seis signatários do processo-crime.

O processo de venda da TAP foi concluído no dia 12 de novembro, nas instalações da Parpública. Na altura, a Associação Peço a Palavra disse que o negócio de venda estava "ferido de ilegalidades" e exigiu a sua anulação.