Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Desmantelado grupo de tráfico de pessoas em Portugal

  • 333

Dezoito pessoas foram detidas pela Unidade de Contra Terrorismo da PJ numa operação que decorreu em vários pontos do país. Maioritariamente constituído por estrangeiros, o grupo dedicava-se à angariação e exploração de trabalhadores, assim como à exploração sexual de mulheres e extorsões

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta terça-feira a detenção de treze homens e cinco mulheres, suspeitos de formarem um grupo que praticava crimes de tráfico de pessoas, extorsão, lenocínio (incentivo à prostituição com fins lucrativos), falsificação de documentos e associação criminosa.

“A investigação permitiu desmantelar um grupo criminoso organizado, integrado maioritariamente por estrangeiros, que se dedicavam à angariação de trabalhadores, mediante a promessa de melhoria de vida das vítimas, que depois exploravam através do recurso à violência, ameaça física e coação, bem como à exploração sexual de mulheres e à extorsão de outras pessoas”, refere PJ.

“Os detidos, com idades entre 20 e os 63 anos, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas”, indica ainda o comunicado da instituição policial.

As detenções, assim como dezenas de buscas, foram efetuadas em vários pontos do país pela Unidade Nacional Contra Terrorismo da PJ, no âmbito de um inquérito titulado pelo Ministério Público de Sintra.

Os crimes investigados terão ocorrido em vários distritos do país, mas, segundo indicou fonte policial à agência Lusa, as detenções ocorreram sobretudo na Zona Oeste, litoral alentejano e baixo Alentejo.

Mais de uma centena de vítimas já foram identificadas e a investigação, que levou também a diversas apreensões, irá prosseguir para procurar identificar outros potenciais elementos do grupo, assim como de outras vítimas, diz ainda o comunicado da PJ.