Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Martim Moniz, um bairro que é uma grande viagem

  • 333

Mário Joao

Tal como o Cais do Sodré e o Intendente, o Martim Moniz já não é um bairro de má fama e passou a ser um destino obrigatório para quem quer conhecer alguns dos projetos culturais e espaços de restauração mais interessantes da capital. Desafiamo-lo a passar um dia feliz neste bairro e arredores.

Bernardo Mendonça

Bernardo Mendonça

Texto

Jornalista

Este bairro é uma mistura de mundos e esse é o seu maior encanto. Apesar de mais moderno, renovado e cosmopolita o Martim Moniz mantém a sua matriz multiétnica, pela grande comunidade chinesa, indiana e africana que ali vive e faz negócio - o que por si só é uma intensa e estimulante 'viagem' pelo mundo sem sair de Lisboa tal a riqueza de sabores e culturas que ali se cruzam. Uma coisa é certa, este bairro deixou de ser um território de má fama, rusgas policiais e 'pão para todos' para estar cada vez mais na berra. Pelos melhores motivos. Onde apetece estar, descobrir e regressar para não perder alguns dos projetos mais inovadores na cidade.

O grande responsável por esta transformação local é o empresário José Filipe Rebelo Pinto. Foi ele que ousou propor à Câmara de Lisboa um novo rosto para a praça do Martim Moniz e que a habitou com inúmeros quiosques com comidas e bebidas do mundo. E, aos poucos, varreu o local da marginalidade. (É ele também o mentor do MEO Out Jazz que tem trazido boa música e bom ambiente para os jardins da cidade durante o verão.)

Propomos desta vez uma rota para desvendar o melhor do Martim Moniz e da vizinha Mouraria. Aproveite um sábado, um domingo (ou um dia qualquer de folga durante a semana, porque não?) e chegue ao bairro pelo final da manhã para descobrir a zona mais a fundo.

Pequeno almoço na praça

Comece por tomar um revigorante pequeno almoço no quiosque 'Erva Green Cuisine', em plena praça, onde se servem os mais variados sumos de fruta, tostas vegetarianas, crepes e saladas. Sugerimos a 'tosta verde', com abacate, queijo de cabra e espinafres (€4,75) ou uma rica tijela de açaí com granola caseira (€5,50). Para beber experimente o sumo de abacaxi, kiwi e hortelã (€2,50) ou o revigorante sumo com laranja, mango, banana e aveia (€4,50). Há também um bolo de chocolate livre de glúten que é uma delícia (€2,50).

Quiosque Erva Green Cuisine, Praça do Martim Moniz.

Compras feitas numa mercearia indiana

Se gosta de arriscar novos paladares comece por conhecer a mercearia indiana Popat Store - famosa entre os mais prestigiados chefes nacionais - que fica localizado em pleno Centro Comercial da Mouraria (tem página de facebook). Não se intimide com o caminho sinuoso para lá chegar, entre lojas de chineses com caixotes de roupa amontoados ou acessórios para telemóveis, descobrirá este estabelecimento no piso -1 . Nismank, de 27 anos, um indiano natural de Gujarat, é o proprietário que vende os mais variados produtos originários da sua terra, assim como da Tailândia, de África e do Brasil. Quem gosta de boas especiarias e bons produtos indianos tem-na referenciada como a melhor mercearia da cidade. Experimente levar para casa uma embalagem de caril indiano (€1,95), as chamuças vegetarianas congeladas (€4,95), um conjunto de paparis, os mesmos que são servidos como entrada nos restaurantes indianos (€1,25), um frasco de Achar, delicioso molho agridoce com manga verde para entrada e acompanhar com pão (€4,95) ou um quilo de amêndoas (€11,95).

Popat Store. Centro Comercial da Mouraria, Piso -1, Galeria do Metro, Loja 251-2, Martim Moniz. Contacto: Nismank - Tel. 93 535 00 86 ou 21 887 11 63. De 2ª a sábado das 9h às 20h

Fotografar as gentes do bairro

A poucos passos, encontra dois ateliers muito interessantes. O primeiro é da fotógrafa britânica Camilla Watson, a residir há seis anos em Lisboa. Pode acompanhar os seus trabalhos em curso, adquirir algumas das suas fotografias feitas às gentes do bairro ou registadas em vários locais do mundo. As fotos são reveladas à mão e custam a partir de €10 e €20. Com mais de 20 anos de carreira e passagem pelo Brasil e São Tomé é ela a autora do projeto 'Tributo' que encheu o Beco das Farinhas, na Mouraria, com retratos dos seus habitantes com mais de 70 anos. Uma exposição de rua permanente nas paredes do bairro. Anónimos agora conhecidos, visíveis a todos os que por ali passam.

Atelier de fotografia de Camilla Watson. Largo dos Trigueiros, 16 A. Tel. 96 117 82 82. De segunda a sábado das 10h30 às 18h30.

José Oliveira

O melhor design em cerâmica

Ao lado está o atelier de cerâmica da artista Joana Simão onde se podem adquirir as mais diversas peças de design em cerâmica - candeeiros, jarras, taças, pratos, ou pode apenas entrar para observar todo o processo de realização de uma peça. Também para miúdos e graúdos são realizados workshops de cerâmica e vidrados todo o ano. (Adultos , €60 euros mensais, 1 vez por semana, 2 horas; crianças, €40 mensais, 1 vez por semana,1h30m).

Atelier Joana Simão - Largo dos Trigueiros, 16 B. Tel. 91 653 26 11

José Oliveira

Um copo na Mouraria

Seja a meio da tarde ou mais para a noite vale a pena dar um salto à cafetaria e bar 'Mouradia', um projeto bem conseguido da Associação Renovar a Mouraria onde pode beber um copo, petiscar e ouvir música ao vivo. Para lá chegar suba as escadas do Beco do Rosendo até ao cimo. (Fica igualmente perto do Braz & Braz) Todos os fins de semana há animação garantida (programação sempre disponível na página de facebook) e coisas boas para trincar como a tosta de frango, com maionese caseira e pimentos assados, acompanhado de salada (€4), o humus de beterraba (€3) ou o caril de grão de maçã com espinafres (€4). A limonada também é apreciável e a mousse de chocolate vem do forno (€2,50). Este sábado haverá magusto, com castanhas, água pé e jeropiga.

Mouradia. Beco do Rosendo, 8. De terça a quinta das 16h às 24h. Sextas e Sábados das 16h às 2h. Contacto: 92 219 18 92

DR

Um pausa para massagem

A meio da sua rota faça uma curta pausa para receber uma massagem numa tenda da praça do Martim Moniz. A terapeuta Zonita Todorova, da Bulgária, e a sua equipa misturam várias técnicas (tuina, ayuvérdica, tailandesa) de acordo com as necessidades de cada um seja na cadeira de massagem ou no colchão. Nós experimentámos e garantimos que estará em boas mãos. Os preços são em conta. Vinte minutos - €10. Quarenta minutos - €20. Sessenta minutos - €30.

Terra Heal. Praça do Martim Moniz, das 13h às 19h. Tel. 91 682 88 76.

José Oliveira

Uma das melhores vistas de Lisboa

O melhor guardámos para o fim. Para jantar, beber um copo ou petiscar ao fim do dia dirija-se ao Centro Comercial do Martim Moniz, suba no elevador da direita até ao 6º piso onde se encontra o restaurante bar 'Topo', com três meses de existência. Uma aposta do pai do novo Martim Moniz, José Filipe Rebelo Pinto, com mais 5 sócios. Bem hajam! Mais uma vez não se acanhe por se cruzar com a comunidade de vendedores chineses entre caixotes de roupa. Valerá a pena. É uma das surpresas mais interessantes da cidade.

Tudo começa pela assombrosa vista panorâmica sobre Lisboa que o espaço oferece. Estamos no 'topo' da cidade e avistamos o Castelo de São Jorge logo ali à frente, as ruínas do Convento do Carmo, o miradouro da Graça, da Nossa Senhora do Monte e do Torel. A hora mágica anda pelas 17h30/18h quando o sol se põe. O bar é ao ar livre, num ambiente moderno, de bom gosto, animado com DJ, e forrado a blocos de madeira. O forte do bar são os cocktails. O 'cocktail topo' - assinatura da casa - leva rum, ananás e sumo de limão. Se quiser algo sem álcool opte pela 'pineapple and lime' (€4,50) ou a limonada (€4,5). O restaurante resgata o conceito dos clássicos restaurantes de balcão, como os velhos Galeto e Gambrinus.

E a vista, sempre aquela super vista no horizonte. Telemóveis ao alto. Há que partilhar o momento. Cocktails ao alto. Há que brindar no momento.

Miguel Gomes de Almeida assina a carta onde constam os pregos no bolo do caco ou os tártaros. Não descure as entradas, duas delas a piscarem o olho aos paladares da Índia, como é o caso das chamuças de vegetais com molho de iogurte (€6) ou o 'chicken satay' (€5), espécie de espetadas de frango com molho especial. E quando a noite se instala, o espetáculo de luzes pela cidade continua a ser um privilegio visto do topo. Depois da experiência vai com certeza querer regressar.

Topo. Centro Comercial Martim Moniz, piso 6. Tel: 21 588 1322. De terça a domingo das 17h à 00h (sexta e sábado fecha às 02h). Preço Médio: 20€

Mário Joao