Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Morreu o vereador da Cultura do Porto

  • 333

Rui Duarte Silva

Paulo Cunha e Silva não resistiu esta terça-feira a um enfarte do miocárdio. Tinha 53 anos

Paulo Cunha e Silva, vereador da Cultura da Câmara Municipal do Porto, morreu na noite desta terça-feira. De acordo com a edição online do “Correio da Manhã” e que o Expresso confirmou, Paulo Cunha e Silva não terá resistido a um enfarte do miocárdio.

O autarca tinha 53 anos e encontrava-se em casa, em Matosinhos, quando sofreu o ataque cardíaco fulminente. O seu corpo acabou por ser levado para o Instituto de Medicina Legal do Porto, ficando em câmara ardente no palco do Auditório Manoel de Oliveira do Teatro Municipal Rivoli, a partir das 17 horas desta quarta-feira. Amanhã, pelas 14 horas, o cortejo fúnebre sairá para a Igreja da Lapa, onde será celebrada missa de corpo presente.

Paulo Cunha e Silva era professor de Pensamento Contemporâneo na Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, presidente da Comissão de Cultura do Comité Olímpico Português e colaborava com a Fundação de Serralves e a Fundação Calouste Gulbenkian.

A Câmara do Porto decretou esta manhã três dias de luto municipal.