Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Jon Stewart está de volta, mas não é à televisão

  • 333

Jon Stewart apresentou o “Daily Show” durante 16 anos

Fred Thornhill / Reuters

No último episódio de “Daily Show” apresentado por Jon Stewart, houve conversas com muitos convidados, algumas lágrimas e um momento musical protagonizado por Bruce Springsteen. Agora, Stewart pisca o olho ao formato digital

Os fãs de Jon Stewart, antigo apresentador do popular “Daily Show”, vão ficar satisfeitos com esta notícia: é que os breves dias de Stewart como desempregado ainda mal começaram e já estão a terminar. A vedeta televisiva anunciou esta terça-feira ter assinado contrato por quatro anos com o canal norte-americano HBO, com o objetivo de “criar conteúdos digitais curtos”.

Esta não é a primeira vez que Stewart passa pelo HBO, como Michael Lombardo, o diretor de programas do canal, recorda em comunicado. “Jon Stewart agraciou o nosso canal há 20 anos, portanto estamos entusiasmados por receber o seu imenso talento neste novo capítulo da sua carreira”, assegura Lombardo, que faz ainda questão de relembrar “a revolução que mudou a comédia” liderada por Stewart enquanto apresentador do “Daily Show”.

Desde a transmissão do emotivo programa final do “Daily Show”, em agosto, que a curiosidade à volta dos próximos passos do apresentador vinha a aumentar. Em setembro, fez uma curta aparição num combate de wrestling, e no final do mês passado, de t-shirt e barba por fazer, anunciou que iria dedicar-se à abertura de um abrigo para animais... que sofreram de maus-tratos na sua casa de Nova Jérsia.

Agora, Stewart revela estar “muito entusiasmado por trabalhar com toda a família HBO”. “Tenho a certeza de que consigo produzir conteúdos de poucos minutos de vez em quando”, brinca.

Jon Stewart deixou “o melhor trabalho do mundo” há três meses

Para além da produção de este novo tipo de conteúdos, que deverá voltar a incidir no comentário à atualidade, Stewart irá também desenvolver projetos para cinema e televisão. No entanto, por agora, os fãs terão de continuar à espera de voltar a ver o apresentador no pequeno ecrã, como nos 16 anos em que Stewart teve “o melhor trabalho do mundo”, segundo o próprio.

A notícia do regresso - ainda por agendar - de Stewart coincide com as informações reveladas pelo Comedy Central, o canal que continua a exibir o “Daily Show”, de que as audiências procedentes de plataformas digitais aumentaram em 10% desde que o sucessor de Stewart, Trevor Noah, se encarregou da apresentação do programa. A decisão de trazer Trevor Noah, um humorista sul-africano desconhecido nos Estados Unidos, acabou por revelar-se benéfica para o aumento das audiências entre os espectadores mais jovens.