Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Privatização da Groundforce leva Fernando Pinto à Judiciária

  • 333

Fernando Pinto, administrador delegado da TAP

Alberto Frias

O presidente da TAP, Fernando Pinto, está a ser ouvido na Polícia Judiciária no âmbito de uma investigação relacionada com a privatização da Goundforce

O presidente da TAP, Fernando Pinto, está a ser ouvido pela Polícia Judiciária, como testemunha, num processo relativo à privatização da Groundforce, segundo fonte oficial da companhia aérea.

De acordo com a mesma fonte, o processo em causa resulta de uma denúncia anónima relativa à privatização da Groundforce, empresa de assistência nos aeroportos ('handling') que foi concluída em 2012.

A 5 de dezembro de 2011, o Grupo Urbanos chegou a um acordo de princípio com a TAP para a compra de 50,1% do capital da Groundforce. No mês seguinte, a privatização recebeu luz verde da Autoridade da Concorrência e em junho de 2012 da Direção-Geral da Concorrência da União Europeia.