Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Várias pessoas resgatadas de zonas inundadas na baixa de Albufeira

LUSA

As equipas de socorro resgataram pessoas que ficaram retidas em locais inundados pelas águas na baixa da cidade de Albufeira, no Algarve, devido à chuva intensa

Várias pessoas estão a ser retiradas de habitações e estabelecimentos comerciais na baixa da cidade de Albufeira, no Algarve, devido às inundações provocadas pela chuva que tem fustigado a região, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

Segundo a mesma fonte, as equipas de socorro estão a resgatar pessoas que ficaram retidas em locais inundados pelas águas na baixa da cidade e que não conseguem sair pelos seus próprios meios.

Por seu turno, a vereadora com o pelouro da proteção civil da Câmara de Albufeira, Ana Vidigal, disse à agência Lusa que “a baixa da cidade tem sido a zona mais afetada pela intempérie, centrando-se a prioridade das equipas no auxílio às pessoas”.

“A nossa preocupação principal é auxiliar as pessoas” disse Ana Vidigal, acrescentando que existem diversos prejuízos materiais. Entretanto, a responsável remeteu para as 16h um ponto da situação mais detalhado.

A Proteção Civil municipal de Albufeira recomendou para que as pessoas permaneçam nas suas habitações, evitem deslocarem-se para as zonas afetadas pelo mau tempo e sigam as recomendações e medidas de proteção das autoridades fase às condições meteorológicas previstas.

“As pessoas devem evitar atravessar zonas inundadas, circular na orla costeira e zonas ribeirinhas, praticar atividades no mar e ter especial atenção na circulação junto a áreas arborizadas devido à possibilidade de queda de ramos e árvores”, indicou a Proteção Civil.

Loulé, Portimão e Albufeira foram os concelhos mais afetados

Um aviso do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou o distrito de Faro sob aviso vermelho, o mais grave dos avisos metorológicos, devido à previsão de "períodos de chuva forte e persistente". O alerta vigorou entre as 9h e as 15h.

A chuva que tem fustigado o Algarve provocou este domingo inundações em estradas, garagens e alguns estabelecimentos comerciais nos concelhos de Loulé, Albufeira e Portimão, disse à Lusa fonte dos bombeiros do Algarve.

De acordo com o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, até às 13h foram registadas 69 ocorrências, com maior incidência nos concelhos de Loulé, Albufeira, Faro e Silves.

Segundo a mesma fonte, algumas estradas ficaram intransitáveis devido ao grande volume de água, e registaram-se inundações ao final da manhã em alguns estabelecimentos comerciais e garagens e não há registo de pessoas desalojadas.

Nas operações nos diversos concelhos estão envolvidos 192 operacionais, apoiados por 81 veículos.

  • Alerta para chuvas intensas e ventos fortes no domingo

    O alerta da Proteção Civil incide sobretudo nas regiões do Alentejo e Algarve, onde a chuva intensa poderá provocar cheias rápidas em zonas urbanas. É ainda pedido especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas