Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

#FreeBacon. Nas redes sociais o momento é de revolta

  • 333

A internet está revoltada. As redes sociais, especialmente o Twitter, foram inundadas de publicações indignadas com a Organização Mundial de Saúde, que, esta segunda-feira, alertou para o risco do consumo do bacon, salchichas e fiambre. As redes sociais fazem eco de um autêntico manifesto a favor das carnes vermelhas processadas

A segunda-feira, para a generalidade dos mortais, já é um dia difícil, mas esta segunda-feira parece estar a ser particularmente dolorosa: acabaram-se o bacon, as salsichas e os fiambres. Na realidade o que aconteceu foi que a Organização Mundial de Saúde alertou para o facto de o consumo de alimentos processados aumentar o risco de cancro no colón. A notícia foi divulgada e a internet revoltou-se.

Os internautas saíram em defesa do “seu bacon”. Por volta das 17h30 desta segunda-feira, #FreeBacon estava em sexto lugar nos tópicos mais comentados a nível mundial no Twitter. Desde declarações de amor, a comparações com o ator Kevin Bacon, passando pelos Simpsons a cantarolar que “não conquistas nada com uma salada”. E também há porcos a celebrar.