Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Embaixador português visita Luaty Beirão esta quinta-feira

  • 333

Clementina-Fazuma

O embaixador João da Câmara visita esta quinta-feira o ativista angolano que está há mais de 30 dias em greve de fome na clínica, onde se encontra internado em Luanda

O embaixador de Portugal em Luanda visita quinta-feira Luaty Beirão, que entrou hoje no 31.º dia de fome de protesto pela manutenção da sua prisão fora dos prazos legais, disse à Lusa fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

A visita do embaixador João da Câmara está marcada para as 11:00 (mesma hora em Portugal), na clínica privada em que Luaty Beirão está internado desde o passado dia 15.

Luaty Beirão é um dos rostos mais visíveis da contestação ao regime angolano e já chegou a ser preso pela polícia em manifestações de protesto.

O ativista luso-angolano integra um grupo de mais 16 pessoas - duas em liberdade provisória - que foram acusadas formalmente, desde 16 de setembro passado, de prepararem uma rebelião e um atentado contra o Presidente angolano, mas sem que haja uma decisão do tribunal de Luanda sobre a prorrogação da prisão preventiva em que se encontram.

Denunciando que está detido ilegalmente, por se ter esgotado o prazo máximo de 90 dias de prisão preventiva (20 de junho a 20 de setembro) sem nova decisão, Luaty Beirão, também engenheiro de formação, entrou em greve de fome.

Tornou-se na última semana foco principal das vigílias que se realizaram em Luanda e que levaram à intervenção policial para a sua desmobilização.

No passado dia 17, representantes de cinco embaixadas europeias em Luanda, incluindo Portugal, visitaram o ativista angolano.

  • Deputados do BE-Madeira solidários com Luaty Beirão

    Os dois deputados do Bloco de Esquerda na Assembleia Legislativa da Madeira estão solidários com a causa do ativista luso-angolano. Esta manhã entraram para a sessão plenária do Parlamento regional envergando uma t-shirt com a imagem de Luaty Beirão e a frase “Liberdade já!”