Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Badr “Bad Boy” Hari, o polémico kickboxer que pegou em Ronaldo

  • 333

Badr Hari tem chamado as atenções dos seguidores do futebolista português. É que o marroquino já protagonizou várias tentativas de agressão - uma delas resultou numa acusação por tentativa de homicídio

Cristiano Ronaldo costuma fazer correr muita tinta e não é só por causa dos recordes que continua a bater dentro dos relvados. A mais recente polémica decorre do facto de surgir numa fotografia em que aparece ao colo do marroquino Badr Hari, lutador e campeão de kickboxing, mais conhecido como “Bad Boy” ou “Golden Boy”. É que na legenda da fotografia, publicada a 10 de outubro nas contas de Instagram e Twitter de Badr Hari mas que só agora ganhou notoriedade, pode ler-se "Just Married" (recém-casados), uma expressão seguida pela frase "sempre aqui para te ajudar, irmão".

Aquilo que está a chamar a atenção dos fãs de Cristiano Ronaldo e de quem não perde pitada do que se passa nas redes sociais é o percurso de Badr Hari. O marroquino tem protagonizado várias polémicas, quase sempre em discotecas e bares, e enfrentou uma acusação de tentativa de homicídio. O caso ocorreu em julho de 2012, quando agrediu violentamente o empresário holandês Koen Everink na discoteca Arena, em Amesterdão. Na altura, Hari foi detido e especulou-se que poderia enfrentar uma pena de prisão até dez anos, mas acabou por sair em liberdade, não sem antes ter violado a liberdade condicional.

Hari também já esteve envolvido numa agressão ao irmão de uma ex-namorada e num ataque a um porteiro de discoteca. Além das controvérsias noturnas, no terreno político também se tem destacado pela proximidade com o presidente da Tchetchénia, em diversas ocasiões acusado de violações de Direitos Humanos.

Na noite em que Cristiano, Badr Hari e outros jogadores do Real Madrid se divertiam numa das mais conhecidas discotecas da cidade marroquina de Marraquexe, Hari não terá sido propriamente amigável para com quem se encontrava à porta do Theatro para conhecer e tirar fotografias com o português. Citado por fãs do futebolista, Hari terá ameaçado: “Eu disse ao Cristiano que Marrocos é um país bonito e que tem muitos fãs. Mas se alguém se portar mal ou me incomodar, eu bato. Juro por Deus”. Os seguidores do craque que estavam à porta da discoteca divulgaram o vídeo nas redes sociais.

Badr Hari e Cristiano Ronaldo encontravam-se com outros jogadores merengues para um fim de semana num luxuoso hotel da cidade mais turística de Marrocos. O fim de semana terá sido organizado por Hari e também foi documentado através do Instagram oficial de Cristiano Ronaldo, que colocou fotografias dos dois junto à piscina ou enquanto jantavam em restaurantes de comida típica.