Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Os Youtubers mais ricos

  • 333

Há quem viva dos rendimentos gerados pelo Youtube - e até quem seja milionário graças ao canal. A Forbes assinala, pela primeira vez, quem são os 10 mais ricos de 2015 no site de vídeos mais popular do mundo

Felix Arvid Ulf Kjellberg, sueco de 25 anos, o mais rico do Youtube

Felix Arvid Ulf Kjellberg, sueco de 25 anos, o mais rico do Youtube

Suhaimi Abdullah

Talvez não saiba, mas há quem ganhe a vida "apenas" tendo um canal no YouTube. Basta dedicar-se muito, obter muitas visualizações e com isso ganhar dinheiro. Dito assim pode parecer fácil - mas não é assim tão simples.

Existem milhares de canais no YouTube e só alguns são rentáveis. Para isso acontecer, duas coisas são fundamentais: originalidade e criatividade. Conseguir seguidores é sinónimo de obter muitas visualizações e com estas vêm a publicidade e os patrocínios. É aí que se começa a faturar... O próprio Youtube também paga aos seus youtubers mais vistos, em função do número de pessoas que os viram e durante quanto tempo.

Pela primeira vez, a Forbes publica a lista dos Youtubers mais rentáveis. Aqui só entram os que faturaram mais de 2,5 milhões de dólares (2,2 milhões de euros) em 2015. Andam entre os trintas e os quarentas. E o que fazem para cativar as audiências?

A maioria tenta ter graça. O sentido de humor é a arma nº 1. Depois há os comentadores. Aí vale tudo - não há assuntos tabu que não deem para tecer considerandos. Finalmente, há quem dê conselhos - de moda, beleza, jogos, etc..

Quer saber quem são os campeões do Youtube?

O primeiro é um sueco de 25 anos, chamado Felix Arvid Ulf Kjellberg, cujo canal se chama "PewDiePie". Tem 40 milhões de seguidores e ganhou quase 10,5 milhões de euros com o seu canal. Aposta sobretudo na comédia e nos jogos.

Em 2º lugar vêm os Smosh, uma dupla de humoristas norte-americanos constituída por Ian Andrew Hecox, de 27 anos, e Anthony Padilla, de 28. Com 30 milhões de seguidores, ganham 7,5 milhões de euros por ano. Humor "nonsense" e videojogos fazem parte da fórmula do sucesso.

Os Smosh ocupam o 2º lugar da tabela dos Youtubers mais ricos

Os Smosh ocupam o 2º lugar da tabela dos Youtubers mais ricos

Kevin Winter

Na 3ª posição estão os Fine Brothers, dois irmãos naturais de Brooklyn (EUA), que dão cartas online desde 2004. De 32 e 34 anos, os irmãos Benny e Rafi produzem, escrevem e realizam os vídeos que põem online. É já um conteúdo mais criativo e elaborado. A sua faturação também é de 7,5 milhões de euros, mas têm "apenas" 13 milhões de fãs.

Em 4º lugar, algo completamente diferente: Lindsey Stirling, uma violinista norte-americana de 29 anos que mostra as suas peças de fantasia, videoclips e coreografias musicais. Aqui, a música clássica marca pontos (e um adulto já consegue assistir durante mais de um minuto...). Ganha 5,2 milhões de euros e tem 7,1 milhões de seguidores.

Em 5º lugar, regressa o humor, com a dupla norte-americana Rhett & Link. De 37 e 38 anos, estes dois engenheiros que se conheceram na faculdade têm um rendimento anual no YouTube de 4,5 milhões de euros e 3,8 milhões de fãs digitais.

Na 6ª posição surge o inglês KSI, um rapper, humorista e comentador de jogos de origem nigeriana. Tem 22 anos e surge por vezes com os seus trajes africanos. Faturou 4 milhões de euros este ano e tem 10,8 milhões de subscritores.

Em 7º lugar aparece uma rapariga que dá conselhos práticos à metade feminina do universo: Michelle Phan é uma maquilhadora profissional que partilha a sua arte no YouTube. Ganhou 2,6 milhões de euros no ano passado e tem 8,1 milhões de seguidores.

Na 8ª posição aparece Lilly Singh, conhecida como "a supermulher do YouTube", por se vestir como aquela super-heroína. Com 27 anos, esta canadiana é rapper, vlogger, humorista e atriz. Vai ganhar 2,2 milhões de euros em 2015 e conta com 6,9 milhões de fãs na internet.

Em 9º lugar, um norte-americano de 32 anos especializado em pregar partidas com câmara oculta, as quais publica no seu canal. Realizador, ator e humorista, Roman Atwood ganha 2,2 milhões de euros no seu canal e tem 7,4 milhões de seguidores.

Por último, a 10ª posição pertence a Rosanna Pansino, que detém um canal totalmente diferente dos anteriores. Esta norte-americana de 30 anos, com ar de menina inocente, tem um programa de culinária. Pastelaria com glamour é o mote do seu canal, o que lhe dá um rendimento anual de 2,2 milhões de euros e 48,8 milhões de subscritores.

Como se vê, é possível viver - e muito bem - do YouTube. Se tiver alguma ideia brilhante... Avance!

A norte-americana Rosanna Pansino chegou ao 10º lugar dos youtubers mais bem-pagos com um programa de culinária

A norte-americana Rosanna Pansino chegou ao 10º lugar dos youtubers mais bem-pagos com um programa de culinária

Dimitrios Kambouris