Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Quatro pessoas retiradas dos carros devido a inundações

  • 333

Distrito de Santarém foi um dos mais afetados pelo mau tempo esta segunda-feira. Há apenas a registar “alguns danos materiais” e a situação já está “praticamente normalizada”

Num dia em que o mau tempo ainda se fez sentir em diversos pontos do país, a Proteção Civil não regista casos de muita gravidade. As duas situações mais difíceis verificaram-se no distrito de Santarém: em duas ocasiões diferentes, quatro pessoas tiveram de ser retiradas de dentro dos seus carros devido à forte chuva que se fez sentir no distrito Santarém.

“Quatro pessoas em duas situações diferentes [duas em cada] ficaram imobilizadas dentro dos carros por causa da altura da água. Foi em Alferrarede e no Cabrito [no concelho de Abrantes]”, disse ao Expresso fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém. Em ambas as situações, as pessoas tiveram dificuldade em sair das viaturas.

O CDOS recebeu cerca de 40 pedidos de auxílio a partir das 15h23, mas situações sem grande gravidade. Os concelhos de Abrantes e Mação foram os mais afetados.

Apesar de alguma agitação durante a tarde, há apenas “a registar alguns danos materiais”. Os pedidos de socorro foram praticamente todos relacionados com inundações “em via pública e, em alguns casos, inundações em estabelecimentos comerciais e habitações”.

A partir das 17h45, o CDOS de Santarém começou a notar uma diminuição dos pedidos de socorro. O aviso laranja, lançado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera, está ativo até às 21h desta segunda-feira. Por essa razão, a situação “vai continuar a ser acompanhada”, apesar de já “estar praticamente normalizada”.

No resto do país, o Comando Nacional de Operações avança que não há, “em termos práticos, nada de expressivo a assinalar”.