Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Richard Gere interpretou um sem-abrigo no seu último filme. Agora dá-lhes comida e notas de cem dólares

  • 333

A foto publicada na página de Facebook do ator mostra um Richard Gere bem diferente do que estamos habituados a ver no grande ecrã

FACEBOOK

O filme de baixo orçamento “Viver à Margem” obrigou o galã de Hollywood a encarnar um sem-abrigo que vive uma crise existencial. Pelo meio, Richard Gere aprendeu uma lição: “devemos representar a mudança que queremos ver no Mundo”

Imagine que vai a passear na rua e vê um sem-abrigo, sentado numa escadas. Dirige-lhe um olhar, depois outro mais atento. Reconhece as feições. Aquele não é... Richard Gere?

Parece surreal, mas podia ter acontecido nas ruas de Nova Iorque durante os últimos meses. Richard Gere representou um sem-abrigo no seu último trabalho, “Time Out of Mind” (Viver à Margem), um filme de baixo orçamento.

Para o filme, realizado por Oren Moverman, o galã teve de gravar cenas em que ficava sentado a um canto, na rua, durante cerca de 45 minutos, enquanto pedia esmola aos transeuntes. Mas se em “Viver à Margem” George, a personagem interpretada por Gere, se sente sufocada pela cidade, sem lugar para onde ir, a experiência do ator não lhe mostrou uma realidade muito diferente.

Em entrevista à revista americana “The Hollywood Reporter”, Richard Gere revelou que durante a experiência que viveu nas ruas ninguém o reconheceu: “Senti o que é ser um sem-abrigo. As pessoas passavam e olhavam-me com pena. Apenas uma senhora foi suficientemente generosa para me dar comida”.

A experiência, diz o ator, serviu para se dar conta dos privilégios de que beneficia, no dia a dia. “Esquecemos tantas vezes a sorte que temos. Nunca devemos dá-la por garantida. E se pudermos ajudar alguém, devemos fazê-lo”. E Richard Gere já começou a, como defende, “representar a mudança que desejamos ver no mundo”: “Quando acabei as filmagens, dei comida e cem dólares a todos os sem-abrigo que vi na rua. Eles choraram e ficaram tão gratos”.

“Viver à Margem” estreou nas salas de cinema portuguesas no dia 1 de outubro.