Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Matou mulher à facada, fechou-a na mala do carro e foi entregar-se à Polícia

  • 333

O alegado homicida, de 54 anos, de quem a vítima estava separada desde junho deste ano, esperou que a ex-companheira saísse do trabalho para a esfaquear. Aconteceu esta madrugada, no Bombarral

Uma mulher de 52 anos foi assassinada na madrugada desta sexta-feira, à facada, pelo ex-companheiro, à saída do lar onde trabalhava, no Bombarral, distrito de Leiria, disse à agência Lusa fonte da Direção Nacional da PSP.

A mesma fonte adianta que o homicídio ocorreu cerca das 0h40 desta sexta-feira, à porta do Lar Família Nossa Senhora da Esperança, no Bombarral.

O alegado homicida, de 54 anos, de quem a vítima estava separada desde junho deste ano, esperou que a ex-companheira saísse do trabalho para a esfaquear. Depois, colocou-a na bagageira do carro e dirigiu-se à esquadra da PSP das Caldas da Rainha, onde se entregou, explicou a fonte.

As autoridades chamaram os bombeiros, que transportaram a vítima ao hospital local, onde já chegou sem vida.

De acordo com a mesma fonte, já existiam antecedentes de violência doméstica entre o casal.

O presumível homicida foi detido e está sob a alçada da Polícia Judiciária.