Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Sabias que existem cerca de 20 milhões de telemóveis em Portugal?

  • 333

A nova plataforma de estatísticas estará disponível a partir de 22 de setembro

Pordata lança plataforma de estatísticas direcionada para crianças

Chama-se Pordata Kids e tal como a base de dados ‘mãe’ pretende dar a conhecer Portugal e a Europa através de números, percentagens e muitos dados estatísticos. A organização por temas – população, saúde, cultura e deporto, educação, ambiente, etc. – repete-se tal como acontece no Pordata. Mas toda a linguagem, imagem, apresentação e seleção de indicadores foram trabalhados de forma a serem acessíveis a crianças entre os 8 e os 12 anos, que tipicamente estão no 3.º ao 6.º anos de escolaridade.

A faixa etária não foi escolhida ao acaso. “Para conseguirem consultar a plataforma as crianças têm de saber ler e conhecer os números. E estas são idades em que têm uma curiosidade natural em saber mais sobre o que os rodeia”, explica Maria João Valente Rosa, diretora do Pordata, o portal de acesso livre, lançado em 2010, e que reúne estatísticas oficiais sobre Portugal e a Europa, fornecidas pelo Instituto Nacional de Estatística e dezenas de outros organismos.

A ideia, continua a diretora, é que o Pordata Kids seja utilizado nas escolas, mas também em casa e que sirva de “ligação entre crianças, pais e avós”, a partir de perguntas que se façam ou temas que se discutam. Para facilitar o acesso, os indicadores não são apresentados pelo nome, como acontece no Pordata, mas através de perguntas.

“Quantos ortopedistas, pediatras e oftalmologistas há?”; “a população tem mais jovens, adultos ou idosos?”. As respostas surgem para o país, com números, imagens e gráficos e permitem ainda a consulta dos mesmos indicadores nos diferentes municípios e países da União Europeia

Articulação com os programas escolares

São cerca de 300 perguntas ao todo, divididas por 10 temas. A economia ficou de fora por ser difícil explicar aos potenciais utilizadores conceitos como PIB ou balança comercial, mas manteve-se aquela que foi a área mais difícil de ‘trocar por miúdos’, em virtude de indicadores como trabalhadores por conta de outrem ou população activa, conta Maria João Valente Rosa.

Na apresentação das perguntas houve também a preocupação de articulação com os programas trabalhados nestes anos de escolaridade.

Diariamente o Pordata Kids irá apresentar também uma curiosidade, dentro da rubrica “Sabias que…?”. “Sabias que existem cerca de 20 milhões de telemóveis em Portugal?”; “Sabias que nos exames nacionais do 9º ano só 55% dos alunos, ou seja, cerca de metade tiveram nota positiva a Matemática” são apenas dois exemplos.

Para já fica a apresentação desta nova plataforma, que só estará acessível a partir de 22 de setembro. O lançamento será feito no mesmo dia em que a Pordata, apoiada pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, organiza uma conferência com a participação de Hans Rosling, um dos mais mediáticos oradores da actualidade na área das estatísticas e da demografia.