Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

D’Bandada por todo o lado

  • 333

Um dos maiores marcos musicais do Porto volta este sábado a invandir a Baixa durante 14 horas ao ritmo de 78 bandas que atuarão em 21 palcos, indoor e ao ar livre

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

A quinta e maior edição de sempre do NOS D´Bandada chega à Invicta esta sábado com um roteiro em que a grande novidade é a adesão do Coliseu ao evento conhecido como o São João da Música. O corrupio de música portuguesa acontece em alguns dos mais emblemáticos espaços do animado centro histórico do Porto e, mais uma vez, haverá concertos para todos os gostos, do hip hop ao fado, e idades.

A programação non-stop do festival que promete música por todo o lado arranca pelas 14h no Jardim da Praça dos Clérigos (Arruada) e os últimos acordes estão previstos para as 4 da madrugada de domingo no multifacetado espaço cultural, restaurante e bar Maus Hábitos, no Rádio Bar e no Coliseu do Porto (Carminho, Ecko Deck, Mirror People e Branko).

O D´Bandada 2015 oferece aos portuenses e turistas 78 concertos de entrada livre, que se multiplicam em 21 palcos: os do costume, como a Avenida dos Aliados (Black Mamba Miguel Araújo, das 21h15 às 23h) ou a Praça dos Leões (Sampladélicos, Thunder&Co, e Moullinex); outros mais surpreendentes, como a Igreja de S. Ildefonso, na Praça da Batalha (Benjamim, Tape Junk e Éme).

Sempre ativo, o histórico elétrico 203 volta a receber um concerto móvel, desta vez tendo a bordo o consagrado Jorge Palma. Na Praça dos Poveiros, na reinventada Baixa Leste da Invicta, atuam os aclamados nomes do hip hop português Velete, Sam the Kid/Mundo Segundo e surpreenderá com a presença de novos projetos nacionais neste segmento.

Aldina Duarte, Olavo Lúpia, Paulo Barros, Nuno Prata, Francis Dale, Basset Hounds, Birds Are Indie, Lola Lola, Helena Sarmento, Stone dead ou Tó Trips são outras vozes que se farão ouvir em espaços que vale a pena visitar - como o Locomotiva Era uma vez em Paris Cave 45, Plano B - ou revisitar, como os típicos Café Vitória e Café Ceuta.

A festa da NOS Discos tem por diretor artístico e programador Henrique Amaro, conta com o apoio da Câmara do Porto e mobiliza na dinamização do evento hostels, restaurantes, lojas e cafés.