Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Alto funcionário do SEF suspeito de auxílio à imigração ilegal

  • 333

O chefe de departamento do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras foi detido e constituído arguido por, entre outros crimes, conceder vistos a imigrantes em troca de favores sexuais

Um inspetor do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), que dirigia o departamento regional de emissão de documentos no SEF de Lisboa, foi detido e constituído arguido, segundo avança a SIC Notícias e o “Correio da Manhã”. Neste momento, a investigação está a cargo do Ministério Público.

O indivíduo é suspeito de “auxílio à imigração ilegal” por, por exemplo, conceder vistos a imigrantes em troca de favores sexuais. Segundo noticia este sábado o “Correio da Manhã”, o alto dirigente regional terá sido apanhado em pleno ato com uma imigrante nas instalações do SEF, na Avenida António Augusto de Aguiar, em Lisboa.

O arguido, no entanto, não foi suspenso e continua ao serviço, tendo apenas sido suspenso das funções que desempenhava e transferido para o aeroporto de Lisboa. Para além disso, está ainda proibido de contactar com algumas pessoas.