Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

PJ apreende cocaína em carro de ex-funcionário do Benfica

  • 333

Ana Baião

No âmbito da Operação Porta 18, a Polícia Judiciária fez buscas no Estádio da Luz em julho. Foram ainda apreendidos 9,5 quilos de cocaína num carro de um indivíduo que identifica como diretor do departamento de apoio aos jogadores do Benfica

Buscas realizadas pela Polícia Judiciária em instalações do Estádio da Luz, no final de julho, levaram à detenção de um indivíduo identificado como diretor do departamento de apoio aos jogadores. Foram apreendidos 9,5 quilogramas de cocaína no carro deste ex-funcionário fora das instalações do clube encarnado.

A informação foi confirmada ao Expresso por fonte oficial da PJ. A operação foi desencadeada no âmbito de uma investigação iniciada no final de 2014, que incluiu ações de vigilância e escutas telefónicas. Ao longo da chamada Operação Porta 18, por várias vezes se verificou a deslocação ao estádio do Benfica de indivíduos de nacionalidade colombiana. Ao que tudo indica, vinham para atender a reuniões com o referido diretor, que foi detido na autoestrada do Norte (A1), na posse de 9,5 quilogramas de cocaína. A droga era trasportada num carro.

Segundo o “Jornal de Notícias”, que chama a notícia à primeira página da sua edição desta quinta-feira, o diretor de comunicação do Benfica considerou que em causa está um mero “problema de justiça” envolvendo “o cidadão José Carriço”, acrescentando João Gabriel que o mesmo já não era funcionário nem diretor de departamento à data da sua detenção.

O caso está nas mãos do Departamento de Investigação e Ação Penal de Sintra.