Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Os Gatos estão de volta, mas com um a menos

  • 333

Tiago Miranda

“Isso é tudo muito bonito, mas”, o nome do novo programa, é um formato semelhante ao que os Gato Fedorento apresentaram em 2009 com o “Esmiúça os sufrágios”. Mas será feito a três e não a quatro

Os Gato Fedorento estão de volta ao pequeno ecrã. Bem, mais ou menos. Na realidade, quem está mesmo de regresso é Ricardo Araújo Pereira, Miguel Góis e José Diogo Quintela. Tiago Dores não se junta à trupe e a “culpa” é de Cavaco Silva. “Isso é tudo muito bonito, mas” estreia a 14 de setembro na TVI.

“Cavaco marcou as eleições para uma altura em que o Tiago Dores não pode, por motivos pessoais, fazer o programa, e isto é mais uma das coisas incompreensíveis de Cavaco”, explicou Ricardo Araújo Pereira.

O programa vai para o ar de segunda-feira a sexta-feira à noite, durante um mês. A fórmula não é desconhecida, muito pelo contrário. São episódios de 20 a 25 minutos com um formato semelhante ao do “Gato Fedorento Esmiúça os Sufrágios”, emitido em 2009 pela SIC. O objetivo é analisar o discurso político das legislativas com alguma piada.

Ricardo Araújo Pereira tem a seu cargo a apresentação do programa. Segundo avançou ao jornal “Público”, podemos ficar à espera de sketches e entrevistas a líderes partidários. É nessa parte que José Diogo Quintela e Miguel Góis entram.

Em junho, a TVI já tinha avançado o regresso dos Gato. Agora há a confirmação de que estão mesmo de volta.