Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Lesados do BES manifestam-se à porta do Ministério das Finanças

  • 333

TIAGO PETINGA / Lusa

Menos de meia hora após o início da concentração, os ânimos exaltaram-se e dezenas de manifestantes tentaram romper o cordão policial, retirando as grades e arremessando-as para o passeio, na tentativa de se aproximarem o mais possível das entradas do ministério

Dezenas de lesados que investiram em papel comercial do Grupo Espírito Santo estiveram concentrados junto ao Ministério das Finanças, no Terreiro do Paço, em Lisboa, onde se envolveram em confrontos ao tentar ultrapassar o cordão policial colocado em frente ao edifício.

Menos de meia hora após o início da concentração, os ânimos exaltaram-se e dezenas de manifestantes tentaram romper o cordão policial, retirando as grades e arremessando-as para o passeio, na tentativa de se aproximarem o mais possível das entradas do Ministério das Finanças. Por volta das 12h deixaram o local, mas continuam o protesto ao longo da Baixa de Lisboa e em direção à Avenida da Liberdade.

Com apitos, badalos, buzinas, tambores e sirenes a criarem um ruído quase ensurdecedor, os manifestantes voltaram esta quinta-feira novamente à rua, com palavras de ordem contra o Governo, o Novo Banco e o Banco de Portugal.

“Governantes responsáveis por queimarem a nossa vida”, “Novo banco uma vergonha” e “Novo Banco rouba emigrantes que ajudaram a desenvolver Portugal” são algumas das mensagens que constam nos cartazes dos manifestantes.