Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Chuva estragou flores de papel em Campo Maior

  • 333

As festas começaram este sábado e decorrem até ao próximo domingo, prevendo a organização que mais de um milhão de pessoas visite as ruas enfeitadas de Campo Maior durante este período

NUNO VEIGA / Lusa

João Rosinha, presidente da Associação de Festas, diz que durante esta manhã a população vai “repor” as ornamentações que foram danificadas, sublinhando ainda que os habitantes da vila do Alto Alentejo já estão “habituados” a estas situações

A chuva provocou, na madrugada desta segunda-feira, “alguns danos” em ornamentações das Festas do Povo em Campo Maior, distrito de Portalegre, onde as ruas da vila estão enfeitadas com flores de papel.

Em declarações à agência Lusa, João Rosinha, presidente da Associação de Festas, diz que durante esta manhã a população vai “repor” as ornamentações que foram danificadas, sublinhando ainda que os habitantes locais já estão “habituados” a estas situações.

“As festas vão continuar, as ornamentações mais trabalhosas foram protegidas e, durante a manhã, a situação ficará normalizada”, assegura.

As festas começaram este sábado e decorrem até ao próximo domingo, prevendo a organização que mais de um milhão de pessoas visite a vila de Campo Maior durante este período.

Os festejos, promovidos pela Associação das Festas do Povo de Campo Maior, envolvem a ornamentação das ruas, sobretudo do centro histórico, com milhares de flores em papel feitas pela população.

De tradição secular, as festas tiveram a última edição em 2011. As Festas do Povo só se realizam quando a população da vila assim decide e são reconhecidas internacionalmente pela sua “originalidade e cariz popular”, com os habitantes a prepararem, durante meses, a ornamentação das ruas com flores de papel.

  • O milagre das flores

    É preciso tocar-lhes para ver que não são verdadeiras. Campo Maior prepara-se para ficar coberta de flores de papel, feitas artesanalmente e em espírito comunitário, por mais de seis mil voluntários