Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Capotamento de autotanque. Um bombeiro fora de perigo. O outro tem prognóstico "muitíssimo reservado"

  • 333

FOTO José Sena Goulão/Lusa

Bombeiros da corporação de Carcavelos e São Domingos de Rana estão internados no Hospital São Francisco Xavier. Sofreram ferimentos graves a meio caminho para ir combater um incêndio

Raquel Pinto

Raquel Pinto

Jornalista

Vivem-se momentos de inquietação nos Bombeiros Voluntários de Carcavelos e São Domingos de Rana, no concelho de Cascais. Um elemento da corporação está em estado crítico no Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa.

A chamada para o combate a um incêndio em zona de mato em Talaíde acabaria por resultar num acidente com uma das duas viaturas enviadas para o local. Um VTTU - Veículo Tanque Táctico Urbano, que seguia com dois bombeiros [lotação máxima deste tipo de veículo] capotou cerca das 16h10 entre a Conceição da Abóboda e Talaíde, por razões ainda desconhecidas.

Os dois sofreram ferimentos graves e encontram-se internados. "Um dos bombeiros está fora de perigo. O outro tem um prognóstico muitíssimo reservado. É bastante crítico", afirma ao Expresso o comandante Paulo Santos, visivelmente abalado, num esclarecimento feito cerca das 23h.

Não se verificava um acidente tão grave nesta corporação desde a década de 90, segundo fonte da mesma corporação.