Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Profissão: Ranger. Sexo: feminino

  • 333

Mais uma barreira histórica que se quebra. Após 62 dias de intensa formação e treino, duas mulheres vão entrar para a história por serem as primeiras a quem a conhecida escola militar norte-americana concede a graduação

Sexta-feira será um dia histórico para a escola dos Ranger nos Estados Unidos. Pela primeira vez, duas mulheres vão estar entre a classe de graduados, após terem concluído uma dura formação militar de 62 dias.

A academia, que pertence ao Regimento de Infantaria ligeira do Exército norte-americano, é conhecida pela intensa preparação exigida aos soldados. Conforme as Forças Armadas explicam em comunicado, o curso de liderança ensina “como combater a fadiga, a fome e o stresse”, treinando os formandos em cenários de montanha, deserto e em terrenos pantanosos, onde frequentemente desenvolvem determinadas operações especiais.

As duas mulheres terminaram a formação ao lado de 94 homens, não sendo claro o que as espera a partir daqui. Ao contrário dos seus colegas homens, é pelo menos certo que não poderão candidatar-se a um lugar no 75.º regimento dos Ranger, uma conhecida força de elite.