Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

A Samsung teve gémeos falsos (e grandes)

  • 333

O líder do setor de comunicações móveis da Samsung, J.K Shin acaba de apresentar o futuro de dispositivos móveis da Samsung

The Verge

Já há Galaxy Note 5 e a novidade Galaxy S Edge+. Dispõem de tamanho idêntico, apontam ao mesmo mercado, mas vêm com elegâncias distintas - são iguais na intenção, diferentes na execução

A Samsung apresentou esta quinta-feira a nova geração de produtos Galaxy. O Note 5 evoluiu no design e na potência: é mais fino, mais pequeno, vem com câmara de 16 megapixéis nas costas e de 5 megapixéis na frente, bateria mais duradoura e capaz de se recarregar em duas horas. Perde os plásticos e ganha metais, estará disponível em dourado ou negro e sai a 21 de agosto - mas, de acordo com o “The Verge”, não virá para a Europa, porque isso ficará reservado para o Edge+.

Outras notas do Note: traz 4gb de RAM, vem com 32gb ou 64gb de espaço. E ainda: perde o cartão microSD e ganha um acessório reminiscente dos BlackBerry - um teclado que pode ser posto e tirado conforme a necessidade. Ecrã: 5,7 polegadas.

O Galaxy S6 Edge+ é um gémeo falso do Note 5: tem as mesmas 5,7 polegadas de ecrã, aponta ao mesmo mercado dos “phablets”, mas as suas raízes estão no Galaxy S6 Edge, lançado há meses, mais pequeno (5,1 polegadas) e mais raro - os cantos laterais são curvos e têm mistérios (é ver o vídeo em baixo).

O que há lá dentro: processador de oito núcleos, 4gb de RAM, 32gb ou 64gb de espaço e câmara de 16mpx. Sai a 21 de agosto nos States, setembro nos demais (e se o “The Verge” estiver certo, é o único dos gémeos a chegar à Europa). Ressalva final: não vem com a SPen (a caneta) tão característica da linha Note.

Saiba mais na Exame Informática