Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Razia nos resultados da 2ª fase das provas de Matemática do 9º ano

  • 333

Marcos Borga

Cerca de 94% dos alunos chumbaram na 2ª fase da prova final de Matemática do 3º ciclo do Ensino Básico. Em Português, mais de metade passou, mas à rasca

Os números continuam a ser a maior pedra no sapato dos estudantes. Na 2ª fase das provas finais do 3º ciclo do Ensino Básico, só 6% dos alunos é que conseguiram uma classificação positiva a Matemática, com a nota média a fixar-se nos 20%.

Os resultados globais pioraram face a 2014, quando se registaram 65% de reprovações com uma avaliação média de 30%.

Mais positivos foram os resultados na prova final de Português do 9º ano, onde 52% dos alunos conseguiram uma nota positiva. Ainda assim, as classificações foram baixas, tendo-se registado uma percentagem média de 47%, menos três pontos percentuais face ao ano passado. Já a taxa de reprovação subiu dos 19% para os 36%.

Em comunicado, o Ministério da Educação e Ciência aponta para a “existência de uma percentagem elevada de alunos com dificuldades significativas nestas disciplinas estruturantes” e para uma “percentagem razoável de alunos que com esta segunda fase conseguiu cumprir as condições necessárias para passar de ciclos”, sublinhando que isso “vem confirmar a necessidade de as escolas identificarem cada vez mais cedo essas dificuldades nos primeiros anos do ensino básico, aplicando as medidas de apoio definidas e implementadas pelas escolas desde 2011”.

O Instituto de Avaliação Educativa (IAVE) realça por sua vez que os resultados nas provas finais do 3º ciclo dizem sobretudo respeito a alunos autopropostos.

Este ano, os alunos do 3º ciclo tiveram oportunidade de realizar pela primeira vez exames na 2ª fase. No total, foram efetuadas 13.844 provas finais em 1242 escolas, o que envolveu uma equipa de 839 professores classificadores.