Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Cães atacam na praia de Quarteira

GNR apenas confirma um caso, apesar de já terem sido noticiados mais ataques. Um homem de 52 anos ficou ferido com gravidade numa perna e num braço

Tudo se passou ao final da tarde de quarta-feira, quando já poucas pessoas estavam na praia do Vidal, em Quarteira (Algarve). Duas cadelas atacaram um homem de 52 anos, que ficou ferido com gravidade. As autoridades estão a investigar o caso, que irá seguir para o Ministério Público.

O homem, natural da zona de Algés, em Lisboa, estava na praia quando duas cadelas de raça indeterminada o atacaram. A vítima sofreu ferimentos numa perna e num braço, sendo transportada para o Centro de Saúde de Loulé. Segundo avançou fonte hospitalar ao Expresso, as feridas eram "profundas e graves".

A Guarda Nacional Republicana foi chamada à praia do Vidal e, ainda durante a tarde de quarta-feira, conseguiu intercetar as duas cadelas. "Não eram animais de grande porte. Possivelmente são mãe e filha", informou fonte GNR do comando de Faro.

Apesar de já terem sido noticiados mais ataques de cães naquela praia, as autoridades apenas confirmam este caso.

Os animais foram encaminhados para o Canil Municipal de Loulé, onde foram colocados em quarentena. Ainda não foi possível identificar os donos, uma vez que nenhum dos animais tem chip.

Entretanto, a vítima já apresentou queixa do sucedido e, agora, o caso segue para o Ministério Público, uma vez que que o ataque de cães é considerado prática criminosa e é punível por lei.