Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Madeira. Trabalhador morre nas obras da via rápida

  • 333

Homem de 55 anos foi colhido por uma máquina escavadora a 30 metros da saída de um túnel

Marta Caires

Jornalista

Um trabalhador das obras de construção da via rápida para o Estreito de Câmara de Lobos, Madeira, morreu esta quarta-feira à tarde depois de te sido colhido por uma máquina escavadora a 30 metros da saída de um túnel. O homem, de 55 anos, era natural de Santana, concelho do norte da ilha.

Segundo informações dos Bombeiros Voluntários de Câmara de Lobos, a máquina terá passado por cima do trabalhador e, quando os meios de socorro chegaram ao local, a vítima já estava morta.

O acidente ocorreu numa das poucas obras públicas em curso na Madeira. A ligação da via rápida ao Estreito de Câmara de Lobos, cuja construção já tinha começado, esteve suspensa na sequência do plano de resgate assinado em 2012 entre o Governo Regional e o Governo da República. As obras recomeçaram em março.