Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Futebolista português apresenta-se em Espanha com t-shirt de Franco: foi ignorância, não fascismo

  • 333

Na sua apresentação aos jornalistas como novo reforço da equipa Real Jaén, Nuno Silva envergava uma t-shirt que exibia uma fotografia do ditador espanhol

O caso está a gerar uma onda de reações e já obrigou o clube espanhol Real Jaén a emitir um comunicado com declarações do futebolista português Nuno Silva, procurando esclarecer que tudo não passou de um equívoco.

Na conferência de imprensa de apresentação como novo reforço da equipa que milita na II Divisão B (terceiro escalão do futebol espanhol), o jogador surgiu esta quarta-feira de manhã trajando uma T-shirt com uma imagem de... Francisco Franco. Esse mesmo, o ditador espanhol.

A polémica estava lançada, com o futebolista a assegurar de imediato que não procurou manifestar o seu apoio à ideologia fascista, afirmando desconhecer, na verdade, quem estava retratado na camisola.

“Vivi em Portugal e Angola e não conheço a generalidade da história de Espanha, pelo que desconhecia completamente o significado de usar esta T-shirt no vosso país. Quero pedir desculpas a todas as pessoas que se tenham sentido ofendidas ou às que possa ter ferido na sua suscetibilidade”, refere em comunicado, de pronto disponibilizado pelo clube no seu site.

Nuno Silva diz que comprou a camisola em Portugal, sem estar consciente do que a imagem retratada representa ideologicamente. “Em nenhum momento pretendi fazer a apologia das ideologias que professava esta pessoa. Não tenho preferências políticas de algum tipo”, acrescentou o futebolista, que na época passada alinhou pelo Santa Clara dos Açores.