Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Festival de música na terra de Drácula dá borlas a troco de... sangue

  • 333

A imagem do cartaz do Festival Untold diz tudo sobre a mensagem passada pelos organizadores

DR

É uma iniciativa que alia boas intenções e ótimas relações públicas, num país onde as transfusões de sangue enfrentam uma escassez crónica

Luís M. Faria

Jornalista

Os romenos não gostam de doar sangue, a julgar pela estatística. São o segundo país da Europa com menos dadores. Mas é lá que fica a Transilvânia, terra do mítico conde Drácula.

O festival de música Untold, agora criado nessa província, resolveu associar as duas coisas. Quem der sangue em unidades móveis que vão estar durante dois dias em Bucareste e na cidade de Cluj-Napoca, onde decorre o festival, recebe grátis a entrada para um dia.

A ideia foi bem recebida pelo instituto nacional que trata das transfusões romenas. “Pague com Sangue” é uma iniciativa pioneira que pode contribuir para a educação cívica da população jovem.

Stefana Giurgiu, responsável pelas relações públicas do festival, diz que o telefone não tem parado de tocar desde que foram afixados os posters da campanha, mostrando um Drácula ligado a um saco de recolha de sangue.

Logo no primeiro dia, diz, dezenas de pessoas manifestaram vontade de aderir. Há quem queira fazer mais de uma dação, parra arranjar bilhetes aos amigos. Além das unidades móveis, que só poderão receber um número limitado de pessoas, existe a opção de doar sangue num de 42 centros de sangue espalhados pelo país. Aí o benefício será um desconto de 30%.

O festival Untold, cujos convidados incluem David Guetta, Armin van Buuren e Wu-Tang Clan, dura quatro dias, entre 30 de julho e 2 de agosto. A edição deste ano é a primeira e os organizadores aguardam pela adesão de centenas de milhares de visitantes.