Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Marido da ministra das Finanças acusado de cinco crimes

  • 333

António Albuquerque enviou várias mensagens com ameaças físicas a um jornalista do “Diário Económico” que escreveu sobre Maria Luís Albuquerque. MP acusa-o de cinco crimes de difamação, injúria e coação

Rui Gustavo

Rui Gustavo

Editor de Sociedade

Filipe Alves é jornalista do "Diário Económico" e em setembro de 2014 escreveu um artigo de opinião com um título mais ao menos premonitório: "O que acontece se o Novo Banco for vendido com prejuízo?". As críticas à opção do Banco de Portugal e do Governo tiveram uma reção imediata: "Tira a minha mulher da equação senão vou-te aos cornos". Esta foi uma das primeiras mensagens enviadas por António Albuquerque, jornalista e marido de Maria Luís Albuquerque, ao jornalista Filipe Alves.

E houve mais: "Metes a minha mulher ao barulho e podes ter a certeza que vais parar ao hospital". E para acabar: "Estás avisado se metes a minha mulher ao barulho nesta história vais parar ao hospital". As ameaças nunca foram concretizadas e, de acordo com a "Sábado", António Albuquerque foi acusado pelo Ministério Público de cinco crimes de injúria, difamação com publicidade e coação.

"Para mim, Justiça era ele pedir desculpa", argumenta Filipe Alves, que depois de ter recebido as mensagens no telefone escreveu uma carta ao ex-colega do "Diário Económico" a exigir um pedido de desculpa. António Albuquerque falou aos jornais, admitiu ter "um problema pessoal" com Filipe Alves e recusou pedir desculpas "a supostos jornalistas".

Filipe Alves diz "não" ter tido "outra alternativa" senão apresentar queixa no Ministério Público. Contactado pelo Expresso, António Albuquerque recusou fazer quaisquer comentários e remeteu explicações para a advogada Carla Ferreira, que não atendeu o telefone do escritório.

Os dois jornalistas foram colegas no "Diário Económico" durante dois anos, mas Filipe Alves garante que apesar de nunca terem sido amigos, "nunca tivemos qualquer problema".