Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

"Há muitos países que estão na disposição de fazer tudo para que não haja acordo”

  • 333

Os países europeus "não confiam" no Governo de Tsipras" e estão "condicionados pelos seus partidos, sondagens e opiniões públicas", diz Marcelo Rebelo de Sousa

Helena Bento

Jornalista

Em conversa com o jornalista da TVI José Alberto Carvalho, Marcelo Rebelo de Sousa disse que o problema da Grécia trata-se, sobretudo, de um "problema de confiança", já que "os países europeus não confiam no Governo de Tsipras" e, entre eles, "há muitos que estão na disposição de fazer tudo para que não haja acordo" por estarem "condicionados pelos seus partidos, sondagens e opiniões públicas".

Marcelo, que falava como habitualmente no seu espaço naquele canal televisivo, comentou também os discursos do Papa Francisco durante o périplo de uma semana pela América Latina, descrevendo-os como "radicais e muito avançados". "Não deixa de ser irónica a forma como ele abordou os efeitos do capitalismo selvagem", acrescentou.

Comentando a mais recente sondagem da Eurosondagem para o Expresso e SIC relativa a Julho, que colocou António Costa, líder do PS, à frente das intenções de voto, Marcelo Rebelo de Sousa chamou a atenção para dois pontos que considera fundamentais - o facto de a maioria absoluta estar cada vez mais longe e a grande proximidade entre os líderes do PS e da coligação PSD/CDS, que "deve agora lutar para superar a desvantagem".

Marcelo Rebelo de Sousa elogiou ainda a entrevista que o líder do PS deu à TVI esta semana, afirmando que António Costa deu "boas respostas" a perguntas em que havia "ideias concretas", embora se tenha mostrado "essencialmente defensivo e cauteloso".