Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Morreu o presidente do Banco Popular Portugal

  • 333

FOTO Lucília Monteiro

Rui Semedo faleceu sexta-feira, aos 57, vítima de cancro. Tinha sido reeleito para liderar o conselho de administração do Banco há pouco mais de três meses

O Presidente do Banco Popular em Portugal, que se encontrava hospitalizado, faleceu esta sexta-feira, dia 3 de julho, vítima de um cancro.

Casado e pai de dois filhos, Rui Semedo nasceu a 21 de abril de 1958, em Elvas. Licenciou-se em Economia no ISEG (Instituto Superior de Economia e Gestão), tendo iniciado a sua carreira profissional em 1981, no Ministério da Administração Interna.

Mas seria especialmente na área da banca que faria carreira. Do Ministério passou, em 1984, para o extinto Banco Pinto & Sotto Mayor, onde permaneceu até 1987. Exerceu ainda vários cargos no grupo BCP, até 2003 (entre eles, diretor-geral do International Private Banking, CEO do Banco Expresso Atlântico e CEO do Banco Comercial de Macau).

CEO no Barclays Portugal (2003-2007) e Country Manager no Barclays Espanha foram outras funções que desempenhou.

Em 2008, foi nomeado presidente do Conselho de Administração do Banco Popular em Portugal, quando já ocupava o cargo de vice-presidente, e a 31 de março deste ano seria reeleito para um novo mandato até 2018.

Este domingo haverá missa às 14h, só para familiares e amigos próximos, na Igreja de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, em Lisboa, e o funeral está marcado para as 16h.