Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Condição clínica de Maria Barroso. “Não há nenhum prognóstico”

  • 333

António Pedro Ferreira

Cruz Vermelha explica que não há alterações na situação clínica. Situação da mulher de Mário Soares “é muito crítica” - permanece em coma profundo

Raquel Pinto

Raquel Pinto

Jornalista

Não há novidades no estado de saúde de Maria Barroso. A antiga primeira dama e mulher de Mário Soares continua internada nos cuidados intensivos no Hospital da Cruz Vermelha, em coma profundo.

"Não há nenhum prognóstico. A situação é muito crítica", disse José Barata,  porta-voz daquela unidade, num boletim clínico apresentado aos jornalistas às 19h40.

Escusando-se a detalhar pormenores invocando o "sigilo" da informação clínica, garantiu que não houve "alterações significativas" e um novo boletim será feito apenas quando se justificar. Porém, a acontecer, não é expectável para esta sexta-feira. 

Maria Barroso, de 90 anos, deu entrada na Cruz Vermelha na quinta-feira à noite depois de uma queda em casa, tendo sido transportada de carro pelo sobrinho Eduardo Barroso, que esta manhã, confirmava à comunicação social que a tia ia "consciente" e "lúcida".

Chegou ao hospital com uma ferida no couro cabeludo e o primeiro exame, uma TAC (tomografia axial computorizada) realizada por volta das 23h00, deixou a equipa médica tranquilizada. Contudo, horas depois o seu estado de saúde agravou-se e entrou em coma profundo. Um segundo exame revelava uma hemorragia intracraniana muito grave.