Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Descobertas 100 mil toneladas de carne de contrabando na China. Parte dela com mais de 40 anos

  • 333

É o último escândalo alimentar num país onde a negligência nesta área mata com frequência

Luís M. Faria

Jornalista

Cem mil toneladas de carne congelada de contrabando foram apreendidas pelas autoridades chinesas numa gigantesca operação que envolveu 14 províncias. Além da dimensão, impressiona o facto de a carne ter selo do início dos anos 70 - portanto, há mais de 40 anos.

A carne, que inclui vaca, pato e pernas de galinha, é oriunda de países como a Índia e o Brasil. Terá chegado à China após atravessar o Vietname. Transportada muitas vezes em veículos não refrigerados (para poupar dinheiro), foi descongelada e recongelada várias vezes, tornando-se um foco perigoso de vírus e bactérias. Parte da mais antiga já estava literalmente a derreter-se.

A China tornou-se pródiga em escândalos alimentares, desde um que em 2008 matou seis crianças e deixou doentes 300 mil pessoas. Mais recentemente, descobriu-se que uma empresa com proprietários americanos vendia carne estragada a cadeias de fast food. Preocupadas com a reputação do país na matéria, as autoridades deverão ter mão severa no caso agora vindo à luz.