Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Fim das injeções para diabéticos? Cientistas testam emplastro de insulina

  • 333

Para os autores do estudo, as injeções de insulina são um processo "doloroso e impreciso" para as pessoas com diabetes tipo 1

DR

Até agora o emplastro só foi testado em ratos com diabetes tipo 1, mas os resultados do estudo demonstram grande probabilidade de êxito nos seres humanos

Um emplastro de insulina, quadrado e do tamanho de um centavo de dólar americano, poderá substituir as injeções para diabéticos, segundo um estudo publicado esta terça-feira na revista científica "Proceedings of the National Academy of Science".

O emplastro pode detetar o aumento dos níveis de açúcar no sangue e transferir doses de insulina na corrente sanguínea quando necessário.

O objetivo dos criadores é que o emplastro só precise de ser mudado em certos dias. Até agora o emplastro só foi testado em ratos com diabetes tipo 1, mas os resultados do estudo demonstram grande probabilidade de êxito nos seres humanos. Os investigadores referem que os efeitos estabilizadores do emplastro podem ser mais duradouros nos humanos, porque estes têm mais sensibilidade à insulina do que os ratos.

"Projetámos um emplastro para diabetes que funciona rapidamente e é fácil de usar e feito de material não tóxico e biocompatível", explica Zhen Gu, um dos autores do estudo, feito por cientistas de universidades da Carolina do Norte, nos Estados Unidos. "O sistema pode ser personalizado em função do peso da pessoa diabética e da sua sensibilidade à insulina, mas ainda podemos tornar mais inteligente o emplastro", acrescenta o investigador.

Para os autores do estudo, as injeções de insulina são um processo "doloroso e impreciso" para as pessoas com diabetes tipo 1. "Injetar uma quantidade incorreta de medicação pode provocar complicações como a cegueira e amputações", diz John buse, outro dos investigadores.

Segundo o estudo, a diabetes afeta mais de 387 milhões de pessoas no mundo e o número deve aumentar para 592 milhões em 2035.