Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

O silêncio de um fotógrafo

  • 333

Morreu David Clifford, fotógrafo, ex-editor do "Público", 40 anos. Queria fotografar. E cantar 

1 / 7

David Clifford

2 / 7

David Clifford

3 / 7

David Clifford

4 / 7

David Clifford

5 / 7

David Clifford

6 / 7

David Clifford

7 / 7

David Clifford

Quando um colega morre, há um mal-estar que nos arrepia. Quem morreu foi David Clifford, repórter fotográfico, ex-editor de fotografia do "Público", amante da imagem. David nasceu no Canadá, em 1974, filho de emigrantes. Estudou fotografia no Ar.co e começou profissionalmente no "Público", onde trabalhou até 2007, tendo ocupado os cargos de sub-editor e editor.

Tinha apenas 40 anos e há muito que lutava para continuar a trabalhar. David Clifford colaborava com vários órgãos de comunicação, inclusive o Expresso. Não estava fácil, em tempos de austeridade.

O refrão de que uma imagem vale mais do que mil palavras parece esgotado, mas com David volta a fazer sentido. David não se calava. Falava muito. E cantava. Com a sua morte há um grande silêncio que se instala. Imagens que já não se fazem e canções que não se ouvem. Quando um colega morre há algo que nos arrepia.