Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

O yoga "limpa a alma". Hoje é o primeiro Dia Internacional desta prática

  • 333

Rita Costa trabalha na Impresa. Na sua 'segunda' vida é instrutora de yoga

Mário Joao

No edifício onde funciona o Expresso também há aulas de yoga, uma atividade que tem cada vez mais entusiastas em Portugal. Este domingo há uma mega-aula gratuita na Alta de Lisboa

Esta é uma viagem ao interior do edifício onde funciona o Expresso e todas as outras publicações do grupo Impresa. Mas é sobretudo uma descoberta do yoga, que tem o seu primeiro Dia Internacional este domingo. Esta prática milenar dá "bem estar físico, mental e emocional", diz Rita Costa, gestora de contas das revistas Caras e Activa, e instrutora de yoga.

Rita estuda e pratica yoga há quase 20 anos, e dá aulas desta modalidade no Instituto Português da Juventude, em Lisboa e, à hora de almoço, na casa onde trabalha. 

Sofia Formosinho, uma das suas alunas da hora de almoço, que frequenta a atividade há quatro meses, diz que agora tem "melhor postura e uma respiração diferente".

O yoga é uma prática milenar de origem indiana, que agrega técnicas de respiração (pranayama), posturas psico-bio-físicas (asanas), técnicas de relaxamento (yoganidra) e meditação (dhyana). Esta prática física, mental e espiritual tem muitos adeptos em todo o mundo. Para Rita a "profunda transformação no meu corpo físico, mas essencialmente a transformação a nível mental e emocional cativou-me. E fez com que ficasse na minha vida para sempre".

Às terças e quintas há aulas de yoga à hora de almoço no edifício da Impresa

Às terças e quintas há aulas de yoga à hora de almoço no edifício da Impresa

Mário Joao

 "Uma pausa restauradora à hora do almoço", diz Rita. E praticantes dispostas a trocar o almoço pelo bem-estar há muitas. De momento, a turma de 'Yoga em Sales' tem cerca de 14 pessoas [o edifício onde funciona a Impresa, chama-se São Francisco de Sales].

 "O yoga ajuda-nos a estar bem connosco e com os outros", diz a infografista  Manuela Tomé, um dos elementos da turma, que pratica esta atividade há três anos. O yoga ajuda Manuela a "manter o equilíbrio entre a mente e o corpo"; com o ritmo acelerado dos nossos tempos, temos uma "maior tendência para voltarmos a nossa atenção para o exterior e perder a noção de nós mesmos". 

Maria João Costa, diretora de publicidade da Visão, é aluna de Rita há 2 anos. Diz que o yoga lhe "faz muito bem à alma. Acho que sentimos que paramos no tempo e que nos elevamos a outro nível, e esquecemo-nos de tudo. Paramos no tempo, durante um momento. Parece quase religioso".

 

Maria João Costa, uma das praticantes de 'yoga em Sales'

Maria João Costa, uma das praticantes de 'yoga em Sales'

Mário Joao

"Não sou das pessoas que tem mais flexibilidade", comenta Maria João. Mas a aula de yoga é  um momento em que  "estamos connosco próprias e lidamos com alguma coisa mais espiritual, o que é muito gratificante. O yoga limpa a alma".

Rita começou a dar estas aulas à hora de almoço, depois de as colegas a terem incentivado e desafiado. Foi há quatro anos, em  junho de 2011, e nunca mais parou porque "o yoga permite-nos conviver com o melhor de nós próprios e por isso viver de forma mais consciente, de forma mais plena", remata Rita Costa.  

O entusiamo com o yoga, não se resume aos 60 minutos da aula. Segue os praticantes até suas casas. Sofia, que é novata na prática, dá muitas vezes por si a fazer exercícios de respiração no carro. Já se considera "viciada" nesta "fórmula mágica", que "conjuga exercício físico e relaxamento. Acho que o yoga traz um 'sorriso interior' especial".  

Depois de ler ficou com vontade de experimentar? Pode juntar-se às comemorações do Dia Internacional do Yoga, e participar da mega-aula gratuita que se realiza este domingo na Pista de Atletismo Prof. José Moniz Pereira, na Alta de Lisboa.  As comemorações são organizadas pela Confederação Lusa do Yoga, presidida por Jorge Veiga e Castro, o principal impulsionador da consagração da data pelas Nações Unidas. Foi Jorge Veiga e Castro quem lançou aos Governos indiano e português o desafio de apresentar a candidatura junto da UNESCO para classificar o yoga como Património Cultural e Imaterial da Humanidade. 

A consagração do Dia Internacional do Yoga, foi aprovada pela Assembleia Nacional das Nações Unidas a 11 de dezembro de 2014. Seis meses depois, a assinalar o solstício de verão, comemora-se oficialmente pela primeira vez o Dia Internacional do Yoga.